Programa Adoradores sem Limites

sábado, 25 de dezembro de 2010

Um menino nos Nasceu…

Jesus o homem

Surgiu em meio à história mundial um homem totalmente integrado a ela, mas em muito também superior: Jesus Cristo. ele é inteiramente diferente, singular. MOvimentou o mundo como ninguém antes ou depois dele. A enciclopedia Britanica utiliza 20.000 palavras para descrever a pessoa de Jesus cristo. Sua descrição biografica, ocupa mais espaço que a de Aristoteles, Alexandre Magno, Buda, Confucio, Cícero, Júlio Cesar ou Napoleão Bonaparte. O homem Jesus é maior tema da história mundial. Sobre nehum outro se escreveu mais do que Ele. Ninguém foi mais odiado e mais amado; mais combatido e mais louvado. Sobre nenhum outro foi feitas tantas artes, musicas, hinos, poesias, discursos e compendios do que sobre Cristo. Diante dele se dividem as opiniões, uns gostariam de almodiçoa-lo, outros restemunham que sua vida foi radicalmente mudada por Jesus e enchida de esperança. Não é possível imaginar a história humana sem Jesus. Nesta época de natal, milhões comemoram Seu nascimento consciente ou  incoscientemente. Na páscoa, lembra-se da sua morte e ressureiçõ. Na ascensão da sua volta para Deus e no dia de pentecostes do nascimento da Igreja que leva Seu nome, a igreja cristã – Será que elé é apenas um homem?

Jesus Deus-homem

A bíblia nos indica que Cristo é, ao mesmo tempo e literalmente verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Lemos em 1 timoteo 3.16: “ Evidentemente, grande é o mistério da piedade: Aquele que foi manifesto na carne…” E em 2 corintios 5.19 está escrito: a saber que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo..” A vida terrena de Jesus mostra que Ele foi ao mesmo tempo verdadeiro homem, mas continou também verdadeiro Deus. Percebemos muitos contrastes em sua vida, tanto provas da sua inteira humanidade, como da sua inteira divindade. Por exemplo, ele sentia cansaço, mas ao mesmo tempo podia aliviar os cansados e oprimidos de espirito. em algumas ocasiões teve fome, mas podia multiplicar o pão e tirar a fome de uma multidão. Teve sedemas ao mesmo tempo era a fonte de agua da vida. Enfrentou a agonia da morte, mas tinha poder para curar as enfermidades. Foi tentado pelo diabo, mas expulsava demonios. Via no tempo e no espaço, mas sua vida era desde a eternidade. ( João 8.58), mas sendo Deus porque se tornou homem?

Ele veio para revelar Deus aos homens. Na pessoa de Cristo, Deus se manifestou de forma mais clara a humanidade. Se tornou homem para convencer este mundo de sua pecaminosidade e necessidade de rendenção. Ele veio para morrer como homem sem pecado, pelo pecado dos homens, para se entregar como sacrificio por eles, por uma humanidade que tinha caído através do primeiro homem Adão. Agora os homens podem ser salvos por Ele, Por isso é chamado de o último Adão ( I cor 15.45). Torna-se homem foi o a forma usada por Deus, para resgatar os homens perdidos nesse mundo: “Porque Deus enviou seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para o mundo fosse salvo por ele” ( João 3.17)

Mas sua história não termina assim, Jesus voltará como era , com um corpo glorificado. Jesus o homem que é Deus, o filho de Maria, a criancinha de belém, o Jovem de Nazaré, O mestre da Judéia que curava, o homem do Calvário, voltará como o  Rei da Glória e como o Senhor dos Senhores.

 

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Isaias 9.6

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão postados comentários de cunho ofensivo, e nem de ordem pessoal, peço aos leitores que se atenham somente ao assunto postado em questão. Rodryguez

A Provação e o Jejum "Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a prov...