Programa Adoradores sem Limites

sábado, 29 de janeiro de 2011

O perigo de deixar de congregar

Sempre estamos a volta com pessoas que simplesmente deixaram de seguir a Jesus, por algum capricho pessoal, alguma desilusão na Igreja em que congregavam – . Brigas, desentendimentos, pontos de vistas e outros fatores a quem nós como humanos estamos sujeitos, não são em si motivos para se abandonar Cristo – Isso mesmo, quem  abandona a Igreja abandona a Cristo, pois a Igreja é o seu corpo!

Alguns argumentam que tem fé no coração e adoram em Deus em suas casas. Muito intrigante e persuasivo até, esta afirmação, porém completamente anti-bíblica, Jesus disse que as portas do infernos não prevaleceriam contra a sua IGREJA – não no sentido do templo físico, mas no sentido do ajuntamento, congregação, de pessoas que creem no seu nome, disse também que onde estivesse dois ou três REUNIDOS em seu nome, ele se faria presente, e foi ainda REUNIDO com seus discipulos que instituiu a primeira CEIA.

A ideia de Igreja ( eclesia) no mundo grego romano, tem algo a mais a nos ensinar:

No mundo romano, em toda a sua extensão, muitas vezes não era possível levar todas as causas até os poderes constituídos, sendo assim,no vasto imperio romano tinha se desenvolvido uma noção de reino, onipresença e representatividade de Cesar em relação aos seus suditos – Nas areas mais distantes do império, bastava apenas uma “REUNIÂO” e CONCORDANCIA  de dois a tres cidadãos romanos, para que a sentença deles tivesse o mesmo valor como que fora proferida por CESAR

No mundo Grego onde a palavra Eclessia tem sua origem, a eclesia, era mais que uma simples reunião era uma convocação para que todos os cidadãos deixassem suas obrigações e fossem decidir em conjunto as questões relativas ao estado, por isso eklesia em grego tem a ideia de chamados para fora ( de suas obrigações cotidianas) e o membro da eklesia o Ekletos, é também identificado como o escolhido ( no sentido de que fora chamado para algo especial)

Assim como não podia haver Ekletos sem Eklesia, não pode haver Cristão sem a Igreja.

Somos chamados para representar Deus nesse mundo, em concordancia de mente e coração – Por isso a advertencia de Hebreus :

Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima” (Hb 10.25).

Em ambos conceitos tanto o grego quanto o romano da palavra eclesia, fica entendido a presença do Soberano, no meio da congregação seja ela de forma ativa ou simbolica – Cristo trabalhou com conceitos do seu tempo, mostrando com isso a superioridade da Eclesia ( Igreja) dele, pois ele não está apenas de forma subjetiva e simbolica em nosso meio, mas no nosso ajuntamento como IGREJA, sua presença é real.

Igreja, é lugar de decisão, de concordancia, de presença de Deus e lugar de Benção, esteja esta igreja reunida num templo, numa casa, ou em um lugar aberto.

Foi Deus quem a constituiu e quem designou seus modos de governo e ministério, conforme narrado na bíblia.

Engane-se quem quiser, mas não existe vida cristá fora da comunhão com o corpo de Cristo.

Somos humanos e devemos ir suportando-nos uns aos outros em amor ( suportar= colocar-se debaixo de um peso!!), devemos zelar pela unidade congregacional do corpo de Cristo.

Mas DEUS está só no ajuntamento de cristãos como IGREJA? claro que não,ele é onispresente ! porém é como Igreja que somos abençoados, e na igreja que somos ministrados e é somente nessa experiencia em CONJUNTO que praticas como a CEIA tornam-se possiveis, pois são atos de COMUMNHÂO.

Precisamos de forma urgente, deixar de pensar apenas no nosso bem estar e começar a pensar como corpo de CRISTO.

Precisamos entender o seu sacrificio, sua morte, sua ressureição, meditar profudamente na prosposta de Cristo para nossas vidas e se por acaso você estiver convicto que esta proposta não lhe serve, então escolha seu caminho…eu porém prefirirei ficar com Cristo, fazendo parte da sua IGREJA.

Eu estava em Cristo, quando ele morreu pelo meus pecados, estava com ele na ressureição, estou com ele ligado através do corpo de Cristo sua Igreja, e estarei com ele pela eternidade.

Uns são mãos, outros dedos, braços… e fora do corpo de Cristo o que eu serei?

 

Rodryguez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão postados comentários de cunho ofensivo, e nem de ordem pessoal, peço aos leitores que se atenham somente ao assunto postado em questão. Rodryguez

A Provação e o Jejum "Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a prov...