Programa Adoradores sem Limites

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Tempo

Salomão na sua sabedoria disse que a um tempo determinado para todo o proposito debaixo do céu. Mas o tempo sempre aparece de surpresa, como um elemento inesperado e põe a prova as estruturas, as sociedades, indivíduos e coisas.

Saber os tempos é algo que não mora com os homens, não somos eternos e por mais que planejemos um acontecimentos mesmo assim são muitas as variáveis desconhecidas que podem acabar com o empreendimento e mais bem elaborado, ou mesmo ajudar a construir um empreendimento que não foi planejado.

Devemos planejar, porém devemos saber que a respostas certa não é nossa mais de Deus.

O tempo passa rapidamente e nós voamos nele, o que parecia haver muito tempo ontem para ser feito e foi protelado se mostrar no dia posterior uma necessidade urgente e percebemos que ficamos sem tempo.

Pensar em Deus como mestre do tempo, nos coloca em uma situação um pouco desconfortável em relação a nossa própria autonomia, vamos vivendo uma vida dizendo que temos fé quando na verdade estamos agindo como ateus, vamos planejando, criando, projetando e não considerando a Deus em nossos caminhos, eis o motivo porque grandes projetos pessoais ao longo do tempo se mostram frustrados.

Ezequias o bom rei foi surpreendido por uma palavra acerca do seu tempo de vida, a mensagem foi dura e lhe foi dito que o seu tempo estava acabado, logo partiria para  a eternidade. A palavra veio de Deus o dono o mestre do tempo. O que fazer? Se conformar, chorar, lamentar? Não sei o que eu faria, mas me conhecendo  como me conheço muito provavelmente eu me conformaria com a situação agradeceria pelos anos de vida e partiria para a eternidade convicto que meu tempo terminara! Ezequias não fez isso, orou se humilhou, abriu um audiência no tribunal celeste, pediu uma reconsideração e o tempo que lhe era findo lhe foi acrescentado em 15 anos!

Josué estava em guerra, a noite chegara e era tempo de cessar a guerra e continuar no dia seguinte, me vejo em seu lugar e me conhecendo como penso que me conheço, também eu iria me conformar e esperar o dia seguinte. Josué não fez isso, antes orou a Deus e ordenou que o sol a lua parassem em suas moradas e assim se foi, teve o seu dia prolongado e obteve a sua vitória no mesmo dia!

Até mesmo os tempo estabelecidos no tempo do fim serão abreviados por causa dos escolhidos!

O que Salomão viu e relatou em suas considerações, não foi a realidade final! Antes ele viu a realidade natural e circunstancial, como ele mesmo diz a vida debaixo do céu! Mas existe uma outra realidade acima dessa que a eternidade o tempo de Deus, podemos definir a eternidade como algo sem começo e sem fim sem marcações cronológicas, as coisas eternas simplesmente sempre foram sempre estiveram lá. Assim Jesus é o cordeiro morto antes da fundação do mundo!

Ezequias  e Josué sabiam algo de Deus que eu com minha vida devocional não sei, ou melhor não quero saber, temo em saber, excede a minha “teologia” Ezequias sabia Apenas Deus e só ele muda o rumo dos acontecimentos, cria novos tempos, faz retroceder, parar ou acrescentar. Nós também sabemos disso, mas não cremos nisso! Pensamos que nem Deus vai contra a sua Palavra, e na verdade ele não vai! Mas enfim não entendemos bem a sua palavra e vivemos uma vida muitas vezes como se um vaticínio dado não pudesse ser revogado! Deus é o mestre e se ele quiser ele revoga! E mesmo fazendo assim ele não deixa de ser Deus em nada é diminuído a sua palavra ou seu poder, aliás é justamente por isso por esse poder que ele tem de “brincar” com os elementos, de transformar agua em vinho, passado em futuro, vida em morte,  isso tudo revela mais ainda o seu poder!

O cristão é convidado a remir o tempo, resgatar, fazer uso correto, se assim o é, é porque Deus nos da o segredo do tempo, para não nos faltar tempo. Acontece que muitas vezes em relação ao tempo Deus não nos da a sentença antes de tudo muito embora pareça uma sentença é numa verdade uma opção de ver as coisas debaixo do céu e se conformar ou vê-las da perspectiva daquele que se assenta no trono e é chamado de o Deus Eterno.

Que novos tempos venham sobre nós.

 

Rodryguez&Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão postados comentários de cunho ofensivo, e nem de ordem pessoal, peço aos leitores que se atenham somente ao assunto postado em questão. Rodryguez

A Provação e o Jejum "Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a prov...