Programa Adoradores sem Limites

sábado, 17 de maio de 2014

Nem só de Pão Vive o Homem

 

Paciência, fé e esperança, são virtudes essenciais para quem esta seguindo a Cristo. Vivemos a sociedade dos resultados imediatos, aliás vivemos a crise dos resultados imediatos, e nesta crise aquilo que não acontece hoje, choca, incomoda, e faz com que muitos procurem de todas as formas “fazer acontecer”

Um número muito expressivo das multidões procuram a Cristo apenas pela comida, pelo pães e pelos peixes. Mas não suportaram a dureza do seu discurso quando lhes falava sobre uma mudança radical de vida e visão de mundo ( João Cap. 6)

Quem busca resultados imediatos não suporta a verdadeira proposta do evangelho, identificam do discurso com duro e sem resultado e o invés de Cristo procuram os  “Moises” da Fé com o Pão que perece!

O evangelho está poluído! O ano passado no interior da Bahia ouvi de uma jovem universitária que ela estava cansada de técnicas de neolinguística e palavra de auto-ajuda ao invés da pregação da Palavra.

Quem não procura um sinal o encontra e quem o procura nenhum sinal é dado a não ser o do Profeta Jonas, e esse sinal só é encontrado na mensagem Enigmática, sobre a vida, morte , ressureição e obra de nosso Senhor Jesus.

O que será dessa multidão que lota as Igrejas, ensinadas a procurarem a todo o custo as coisas terrenas e imediatas? O que será delas quando confrontadas forem com um Jesus que além dos milagres exige uma mudança, um negar a si mesmo, e um seguir fielmente as suas pisadas?

Um mistério diante de nós, de servimos as almas humanas suprindo suas necessidades sociais, mas nunca esquecendo da necessidade maior que é anunciar a salvação. Tampouco pode haver apenas um sistema de trocas, onde nós oferecemos o pão com a condição de que a pessoa marque presença em nossos cultos, isso é leviano e mal, leviano porque a salvação não pode ser comprada e nem negociada com nada que não seja o sangue de Cristo e mal porque gera no ser humano um sentimento de domínio sobre o outro.

Por fim nós cristãos para as demandas do dia a dia devemos saber que o imediatismo não existe, o que existe é um Deus de tempo, plano e proposito. Assim outro mistério nos assiste o de anunciarmos o Evangelho que tem repercussões nesse mundo em que vivemos, mas ao mesmo tempo aponta para um reino que não é deste mundo.

As multidões estão diante de nós assim como estiveram diante dos apóstolos. A ordem de Cristo ainda é a mesma: Jesus replicou-lhes: Dai-lhes vós mesmos de comer. ( Luc. 9.13)

A responsabilidade está sobre os nossos ombros. que seja no contexto social ou no contexto espiritual.

 

Rodryguez & Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão postados comentários de cunho ofensivo, e nem de ordem pessoal, peço aos leitores que se atenham somente ao assunto postado em questão. Rodryguez