Programa Adoradores sem Limites

terça-feira, 20 de março de 2012

Cenas da Vida

 

 

Cena 1

Uma mãe que esta perdendo uma filha para o crack, para os traficantes, ciente de que Deus tudo pode, põe seu joelho no chão e ora incansavelmente por sua filha, na esperança de que, Deus no dizer dos pentecostais “entre com a providencia” – Essa mesma mãe de alguma forma, entende que Deus tem algo a realizar, e se sente inclinada a fazer uma visita para sua filha no dia seguinte… Situações extremas, o que pode acontecer.. só Deus sabe!

 

Cena 2

Uma moça de família evangélica, ex-modelo, ex-rica… ex-tudo!  Agora viciada, magra, sem beleza e sem brio, vai ao encontro de bando de vagabundos, igualmente, viciados, traficantes e se reúne com eles. Só Deus sabe o que se passa pela cabeça dessa jovem, sem esperança, procurando a morte com as próprias mãos, desacreditando no amor de Deus por ela., no dizer próprio de alguém que está desacreditando em tud,o diz para alguém que faz menção do nome Deus: “Deus existe para você, menos para mim!!”

Cena 3

A mesma mãe vai de encontro a sua filha levando consigo, algumas irmãs do circulo de oração, senhoras, velhinhas, com seus coques no penteado, frágeis no corpo, mas poderosas na oração que move o coração de Deus. Encontram-se com a filha da irmã, em meio a uma roda de malfeitores e a moça que apesar dos pesares é extremamente fina e educada, convida todas para sua casa.

Cena 4

Ao subirem começa um poderosa oração, os vizinhos do lado apartamento do lado, que também são evangélicos, sentem o poder Deus, seus corpos se agitam suas mãos tremem, suam , começam andar pela casa e a orar junto ( muito embora ninguém do lado de de lá saiba, até agora) – Ouvem-se choros, cânticos, conversões…Ao mesmo tempo lá fora naquela “rodinha de malfeitores” algo de estranho também acontece… é a polícia que acaba de chegar uma viatura, duas, três… e vai levando todos um a um! – Enquanto  isso a moça continua lá, com as irmãs do circulo e oração da igreja de sua mãe, orando entregando a vida a Deus! Sem saber de nada do que estava acontecendo lá fora.

Final: Uma vida salva, outras perdidas ( por enquanto, até porque não sei como a historia dos outros terminará!)

Vivi isso esses dias, atendo observei cada fase da historia…olhei, vi e considerei. Não poderiam ter sidos todos alvos dessa gloriosa ação de Deus? – Não tenho condições para julgar isso! Gostaria mas não tenho!!!

Só sei que Cristãos preparados na oração e no jejum experimentados nas longas horas de joelho no chão fizeram e sempre farão a diferença. Sei que Deus é soberano no agir e não precisa deles para operar a salvação, mas sei que de alguma forma Ele se alegra quando nos dispomos a tomar parte ativa no seu Reino, debelando as trevas e anunciando a luz.

Sei que a oração de um  justo é poderosa e eficaz e sei também que essa jovem de quem eu falo é alvo de constantes orações diante de Deus.

A Jovem quando percebeu que ao sair de onde estava para atender a sua mãe e as irmãs, foi salva das garras do Diabo que talves quissese dar o último golpe (cadeia)  foi.: “Minha mãe me salvou com suas orações!”

E você acredita no poder de Jesus?

“Há poder, sim, força e vigor
Neste sangue de Jesus;
Há poder, sim, no bom Salvador;
Oh! Confia no Cristo da cruz.” 

Harpa Cristã 491

 

Rodryguez&Carvalho

quinta-feira, 15 de março de 2012

o pregador …

 

 

 

O PREGADOR “... que maneja bem a palavra da verdade”.

Certa vez um desse “Grandes Pregadores” foi convidado para pregar em uma igreja que também não gostava muito de ler a Bíblia, gostava de deixar tudo na mão de Deus se esquecendo da ordem divina que se encontra em Isaias 34:16 “Buscai no Livro do Senhor, e lede...”. A igreja estava lotada. Depois que 16 bandas da igreja se apresentaram o pastor se levantou e, alegremente, apresentou o grande pregador da noite. Foi então que o ilustre pregador subiu meio desajeitado ao púlpito e engoliu em seco ao encarar de frente a multidão. Respirou fundo, deu uma ajeitada na gravata que nunca tinha usado e começou:
Bom meus irmãos, eu vou contar para vocês a parábola do bom Samaritano. Amém?

- Um homem descia de Jerusalém para Jericó quando caiu numa plantação de espinhos que começaram a sufocá-lo. Tentando sair da incircuncisa situação, ele gastou todo o seu dinheiro até ficar pobre, a ponto de comer a comida dos porcos da fazenda. Foi então que ele encontrou a rainha de Sabá, que lhe deu um prato de lentilhas, cem talentos de ouro, vestidos brancos e um cavalo. Ao prosseguir viagem, seus cabelos enroscaram numa Arvore e o homem ficou pendurado por muitos dias, mas os corvos lhe trouxeram comida e água, de sorte que o homem comeu cinco mil Paes e dois peixes. Uma noite, quando ainda estava suspenso, Dalila, sua mulher, chegou sorrateiramente e cortou seus cabelos. O homem caiu em pedregais escorregadios, mas levantou-se e andou. Então choveu quarenta dias e quarenta noites e o homem escondeu-se numa caverna, onde se alimentou de gafanhotos e mel silvestre. Saindo encontrou um servo chamado Zaqueu, que o convidou para jantar. Mas o desculpou-se, dizendo que não podia porque havia comprado uma manada de porcos, mas Golias derrotou o leão com sua funda e mostrou ao homem o caminho que levava a Jerico. Ao aproximar-se das muralhas da cidade, ele viu Jezabel na janela. Mas ao invés de ajudá-lo, ela riu. Indignado, o homem bradou em alta voz: “lançai-a fora!”. E eles a lançaram fora setenta vezes sete. Dos fragmentos foram recolhidos doze cestos e disseram: “bem aventurados os pacificadores”. Portanto irmãos, na ressurreição dos mortos, de quem será esta mulher?
Encantados, os irmãos choravam e glorificavam. Na saída, o pastor ouviu uma confissão:
- Não entendi nada do que ele pregou, mas foi uma benção!
- Ai, você falou ao meu coração – suspiravam as garotas da igreja.
Feliz, o “grande” pregador foi para casa, distribuindo cartões, e já advertindo, que para agendá-lo teriam que entrar em contato com ele com antecedência.


(Extraindo do Livro: Do Púlpito, A palavra de Deus)

Uma linda mulher!

Em tempos da ditadura da beleza, em que algumas marcas, associadas a um forte apelo midiático acabam formando uma opinião sobre a bel...