quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

                                       FELIZ ANO NOVO!!!!

Todo  fim de ano a mesma crendice, simpatias, pular ondas, roupas brancas, flores para um determinada entidade, tudo na experança de se conseguir um ano novo melhor do que o que passou,   bom não vou discorrer aqui sobre a validade ou nulidades destes atos, não hoje. O que me chama a atenção nesta data é o fato de que , muitos cristãos atribuem um poder quase mistico similiar a estas crendices relatadas o fato de passar a virada do ano na igreja, na experança de um ano novo melhor, claro que não estou radicalizando até porque eu tambempretendo passar o ano na igreja, confraternizando com a congregação e agradecendo a Deus por este 2009, e apresentando a Deus meus planos e projetos para 2010, porém o que quero destacar aqui é atribuição mistica e sacramental é dado a este ato equivalendo por exemplo ao pular as ondas, etc.

A vida Cristã não é feita de atos isolados e visiveis, é feita sim de uma vida constante com Deus, de ações invisiveis que claro acabam por se exteriorizar de alguma forma, mas não podemos nos ater apenas a forma, devemos ter a forma e a essencia, nossas ações plagiando Calvino com relação aos simbolos da nossa Fé: "Signus Visible, gratia invisile" um sinal visivel da manifestação da graça invisivel.

 

Vamos virar  a  meia noite para o ano de 2010, o que será depois com relação a nossa vida espiritual?

 

Não corramos o risco de fazer do culto especial ( creio que todas as igrejas fazem este culto), de apenas um ato cerimonial, um compromisso para ser abençoado apenas, se assim o fizermos, não o diferenciaremos das crendices já alistadas.

Não no spreocupemos apenas em projetar o que queremos para o proximo ano, tambem quem crer nestas lendas mistica tambem o fazem, a vida cristã tem na sua natureza não apenas o pedir, mas tambem o agradecer, o contar os feitos de Deus durante o período o exalta-lo, etc

 

Um ato de fé sem fé, não representará absolutamente nada, quando falo de fé agora, não estou me referindo a acreditar de forma absoluta naquilo que queremos, falo de fé agora como o conjunto de crenças e principios bíblicos que devem norteam a nossa vida.

 

Entremos em 2010 com esta fé porque é esta fé que vence o mundo.

Quero para finalizar tirar um exemplo prático do Hosh Hashaná, ano novo hebraico,  uma saudação tipica desta epoca em israel  é esta: "O proximo ano em Jerusalém", muito significativa para os judeus da dispora e  para aqueles que atualmente vivem no estado de Israel, foram quse dois mil anos proferindo esta saudaçaõ entre si... sem ao menos ter a uma perspectiva de quando poderiam retornar para Israel.

 

Bom quem sabe para nós cristãos:  "O proximo ano em JERUSALEM" ?

 

MARANATA!

 

 

Rodryguez : 31/12/2009



 




Chegou Windows 7. Agora com exibição de redes sem fio. Conheça.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009


 
Pregação de Domingo dia 27/12/2009
 
exegese de de Joao 1.12
 
Sempre na Igreja o Pastor ensina e nos motiva a escolhermos nos textos lidos um ou mais versiculos que mais tenham chamado a nossa atenção, eu escolho um e fico meditando nele, resolvi destra vez porém compartilhar um pouco da minha meditação o texto que escolhi é João 1.12 que diz:
 

Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus

 

Fiquei pensando neste verso, a primeira percepção que tive é o tempo verbal e a colocação das palavras em nossa versão em portugue, os verbos receber e tornar estão no pretérito perfeito e indicam uma ação que ocorreu de forma perfeita no passado, posso inferir então que no dia quem que aceitei a Cristo isso foi perfeito, e daquele dia até hoje sou filho de Deus, na cruz nosso Senhor exclamou a frase "esta consumado" (Tetelestai - Tetelestai) ao acreditar nele está verdade torna-se parte de minha vida e posso afirmar com muita propriedade que esta consumado, sou agora filho de Deus e pronto.

Mas querendo "expremer" um pouco mais do significado deste texto, me atrevi a usar os poucos conhecimentos de grego koiné que possuo e tamebm gostaria de compartilhar ate para colocar o texto em debate com outros blogueiros afim de que possamos lançar mais luz sobre o assunto:

em grego o texto esta assim: 

             osoi de elabon auton edwken autoiV exousian tekna qeou genesqai toiV pisteuousin eiV to onoma autou
                             osoi de elabon auton edôken autois exousian tekna theou genesthai tois pisteuousin eis to onoma autou

 

 Separei algumas palavras que julguei especiais:

  1. Dar: Elabon, um ato de Graça
  2. Direito: em grego exousian / ekousia / este direito referece a autoridade outorgada em latim o termo é postestade, Deus nos cobriu nos Deuys uma autoridade, e no contexto deste termo a autoridade so é notoria quando é usada!
  3. Filhos.: diferente da palavra usual em grego que é uios, o termo aqui empregado genesthai, dai uma ideia de gerados diretamente
  4. Feitos (feitos filhos de Feitos) Tekna de Techne, em grego pode ser traduzido com a arte em si, em contraposição com a idéia ou pensamento logos, tudo o que Deus pensa, a acerca de nós como filhos gerados ( veja que o termo anterior é gerado... Deus nos trata como seus filhos naturais e tem expectativas com relação a isso) podemos realizar de forma "TECNICA" real porque temos autoridade para isso.
  5. Na salvação foi nos dado esta autoridade, podemos nos apresentar diante de qualquer situação como Filhos Gerados, daquele que Criou todas as coisas, agora fica um porém em, é preciso usar esta autoridade, e isso agora esta em nós, o poder esta ai, a autoridade esta ai mas temos que FAZER (TEKNA), isso ser realidade.

 

Rodryguez

 


 





Agora a pressa é amiga da perfeição. Chegou Windows 7. Conheça.

O pecado afasta o homem de Deus, nao Deus do Homem.

Palavra de Domingo dia 27/12/2009
Estou amando cada dia mais esta igreja, e sua pregação ortoxa, este domingo nao podia ser diferente, eu alisentado no meu banco comendo cada palavra que era mencionada, me sentia de novo com um aluno de seminário que ve na pratica aquilo que aprende em sala de aula, e la estava eu diante de conceitos complexos como sufiencia e eficiencia do Sacrificio de Cristo, O texto base foi JOAO 1.1-14 associado com ROMANOS 8.35-39, em resumo a mensagem pregada, afirmava que por causa do sacrificio de Cristo, nem o pecado poderia nos separar do nosso Deus, calma não se trata de Calvinismo Ortodoxo nem moderado! Mas a grande verdade pregada foi que o pecado nos afasta de Deus mas não afasta Deus de nós, O sacrificio de Cristo  nos garante o acesso a Deus, claro se for acompanhado de arrependimento, que por sua ve gera perdão. Deus por causa deste sacrificio esta sempre pronto a ir atras das suas ovelhas perdidas, sempre parte dele a iniciativa tão somente devemos ouvir a sua voz e atender ao seu chamado reconciliador (suficiencia e eficiencia) Em LUCAs 15 temos o exemplo das coisa perdidas e uma alusão de Deus sempre procurando a reconciliação. Eis o Milagre da Graça Divina, ela é suficiente nao precisa de mais nada Deus está ao nosso lado assim como JEsus esteve com prostitutas, publicanos isso sem contar sua crucificação ao lado de dois malfeitores, porém essa graça torna-se eficiente quando cremos nela pedimos perdão pelos nossos pecados. Uma ideia erronea é que Deus se afasta do homem quando este peca, ideia que diz que o homem tem que ser excluido do convivio dos santos…, A verdade na mensagem que eu ouvi foi essa, o meu pecado pode por uma disposiçao interior minha, por causa dos meus conceitos me levar a me esconder de DEus e de sua santidade ( Adão no Paraiso), Mas Deus por causa deste sacrificio esta bem mais perto do que eu possa pensar, muito embora como cego eu esteja tateando e não o vendo Ele esta perto, e Cristo é a luz que me revela a Salvação.

Rodryguez.

domingo, 27 de dezembro de 2009

Minha Retrospectiva 2009

TUDO O QUE TENHO A DIZER DO ANO DE 2009 SE EXPLICA NESTE LINDA CANÇÃO

 

FELIZ 2010 para todos !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

.
escrituras
 

O ano novo e a volta de Cristo

 
Preparativos feitos, comidas tipicas, espera pela meia-noite, acabamos por saudar o ano novo, na esperança de uma renovação em nossas vidas. Como Cristãos o que podemos esperar no decorrer de cada ano? muitos tem creio que erroneamente em um positivismo sem precedentes acreditado que vamos influenciar todas as esferas da sociedade, e assim melhorar a sociedade que nos cerca. Bom certo é que cada um de nós devemos dar o nosso melhor, mas verdade BIBLICA, é que o mundo caminha mal, que os dias serãos tenebrosos, com o advento de vários sinais que indicam que Jesus está voltando. A historia da humanidade caminha para o seu "Escaton" para o seu final.
È importante que tenhamos em mente que Cristo está proximo, e devemos nós preparar, o ano novo e suas festividades (boas por sinal) não podem fazer com que sejamos sentenciados por nossa cegueira igual a geração dos dias de ´Noé, que comiam, bebiam e davam-se em casamento. Comamos, Bebamos, Casemo-nos mas estejamos atento a voz da trombeta!
 
Relembremos as Palavras de Jesus:
 
"Porque se levantará nação contra nação, reino contra reino"
(Mt 24.7).
reino contra reino
• Mateus 24.4-5: "Vede que ninguém vos engane. Porque virão muitos em meu nome dizendo: Eu sou o Cristo, e enganarão a muitos". Desde o momento da ascensão de Jesus aos céus, centenas de falsos cristos já apareceram.
• Mateus 24.6: "E, certamente, ouvireis falar de guerras e rumores de guerras...". Desde que Jesus predisse isso, já houve, pelo menos, 12 mil guerras.
• SUA MENSAGEM: "...vede, não vos assusteis, porque é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim".

Jesus Predisse Sinais Que Antecederiam a Tribulação

• Mateus 24.5: "Porque virão muitos em meu nome [...] e enganarão a muitos". Centenas de falsos mestres apareceram em cena desde o primeiro século até agora.
• Mateus 24.7 – O primeiro sinal ou "dor de parto": "Porque se levantará nação contra nação, reino contra reino". Uma vez que a visão apresentada por Jesus neste versículo era de amplitude mundial, poderia ser uma alusão à I Guerra Mundial (1914-1917), a qual, historicamente, foi o primeiro conflito de proporções mundiais, iniciada por uma nação contra outra e que acabou por envolver as nações do mundo. "...e haverá fomes [a versão Almeida Revista e Corrigida acrescenta: '...e pestes',] e terremotos em vários lugares", que, literalmente, significa "em vários lugares ao mesmo tempo". Isso ocorreu, pela primeira vez, depois da I Guerra Mundial. Nos idos de 1918 a 1920, a influenza foi provavelmente a "peste" mais letal do mundo em toda sua história. Os quatro elementos do primeiro sinal referiam-se à I Guerra Mundial.
• Mateus 24.8: "...tudo isto é o princípio das dores" (i.e., dores de parto) ou sinais da Sua Vinda. É interessante que depois disso, muitos outros sinais do fim dos tempos começaram a aparecer – Israel recebeu permissão para retornar à sua terra (em 1917, através da Declaração Balfour) e a Revolução Russa, que resultou no erguimento dessa nação como uma potência mundial, dentre outros sinais.
• Mateus 24.11: "Levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos".
• Mateus 24.12-13: "E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos. Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo" (ou seja, entrará no Milênio).
• Mateus 24.14: "E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim". (Temos nos aproximado rapidamente do cumprimento dessa profecia à medida que o Evangelho se torna conhecido ao redor do mundo). Muitos expositores da Bíblia crêem que os versículos acima descrevem os primeiros três anos e meio do período da Tribulação, tratado detalhadamente nos capítulos 6 a 12 de Apocalipse.

A Grande Tribulação

"E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim"
(Mt 24.14).
todas as nações
• Mateus 24.15: "Quando, pois, virdes o abominável da desolação de que falou o profeta Daniel...". Esse texto ensina que a [segunda metade da] Grande Tribulação terá inicío no momento em que o templo for profanado e destruído.
• Mateus 24.21-22: "porque nesse tempo haverá grande tribulação, como desde o princípio do mundo até agora não tem havido e nem haverá jamais". (Para mais detalhes sobre esses três anos e meio da Tribulação, leia Apocalipse 13 a 18, período esse após o qual Jesus Cristo voltará com poder para estabelecer Seu Reino, conforme os capítulos 19 e 20 de Apocalipse). Visto que nunca houve um tempo como esse na história, fica evidente que os versículos profetizam eventos ainda futuros.
• Mateus 24.24: "Porque surgirão muitos falsos cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos. Vede que vo-lo tenho predito". Embora a Igreja tenha ficado infestada de falsos mestres que alegam ser "Cristo" ou "profetas", os tais nunca realizaram "sinais e prodígios" capazes de enganar até mesmo os eleitos. A batalha entre os seguidores de Satanás e do Anticristo contra o Espírito Santo e os servos de Deus, durante a última metade do período da Tribulação será a maior batalha da história deste mundo.
• Mateus 24.29-30: "Logo em seguida à tribulação daqueles dias [...] todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória". O texto insiste em repetir veementemente que a Segunda Vinda de Cristo acontecerá imediatamente depois do pior período da história humana. Para qualquer leitor imparcial, a conclusão óbvia é a de que tal período ainda não ocorreu, mas aguarda sua concretização no futuro [...] futuro esse que, segundo a opinião de muitos, pode estar bem próximo.

as nuvens no céu "Logo em seguida à tribulação daqueles dias [...] todos os povos da terra se lamentarão e verão o
Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória" (Mt 24.29-30).

 

 

Maranata, ora Vem Senhor Jesus



Windows 7: agora com recursos que economizam bateria. Clique para conhecer.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Igreja Familia Cristã - Palavra do Pastor


  
Temos muito  que agradecer ao Senhor nosso Deus por sua graça, perdão, provisão e cuidado ao longo de todo esse ano que se finda. Foi um ano de muitos ataques, mas, o Senhor nos mantém de pé. Ao mesmo tempo, temos muito que pedir, muito que crer e esperar para o próximo ano. Certamente será um ano melhor do que este que se vai. Independente das lutas e adversidades que enfrentaremos, das pressões e provações que sofreremos, das tempestades que certamente virão, temos a convicção de que 2010 será melhor que 2009.

E ao longo de todo este ano você foi o instrumento usado por Deus para nos abençoar, edificar e sustentar. Queremos agradecer-lhe por seu envolvimento e amizade. Você tem sido muito importante para nós e cremos que juntos vamos ver mais e mais pessoas recebendo o maior presente que alguém pode ganhar: a salvação em Cristo Jesus.

Assim continuaremos orando para que você seja abençoado em tudo. Para que a proteção e a prosperidade do Senhor sejam sobre a tua casa e para que sua família seja coberta com felicidade e saúde. Iniciaremos o ano novo com um propósito de quarenta dias de oração e jejum pelas famílias e por nossa cidade.

"porque os montes se retirarão, e os outeiros serão abalados; porém a minha benignidade não se apartará de tí, e a aliança da minha paz não mudará, diz o Senhor que se compadece de ti... toda arma forjada contra ti não prosperará, e toda língua que se levantar contra ti em juízo tu a condenarás; esta é a herança dos servos do Senhor, e o seu direito que de mim procede, diz o Senhor. (is 54,10;17)

Muito obrigado por suas orações, amizade, carinho e apoio.         



                                                   Em cristo, Alceu e Angela
                                                                 Igreja Familia Crista 












Chegou Windows 7. Agora com exibição de redes sem fio. Conheça.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Daniel na cova dos leões.

Reflexao do culto de Domingo dia 14/12/2009
Esta semana fui ao culto em minha igreja pela manha e pela noite, e nos dois períodos o pastor trouxe uma palavra especial, que tem me feito pensado até agora, o texto foi o famoso texto de Daniel na Cova dos Leões (Daniel cap 6), o tema foi sobre a confiança absoluta em Deus em um mundo totalmente corrompido, entre muitas coisas ministradas teve algumas que especialmente me fizeram pensar e muito:



  1. Daniel,  não mudou os seus hábitos mesmo sabendo que o edito do rei estava assinado,  é como vemos pessoas mudando os seus habitos para se adquarem as novas situações aos novos tempos e leis, pessoas querendo fazer uma releitura do texto sagrado, se adaptando de acordo com as tendencias contemporaneas.


  2. Daniel mesmo com uma posiçao influente, não se preocupou em usar disso para conseguir vantagens especiais, temos visto um monte de  Cristãos achando que pelo fato de mostarem  que estão organizados em passeatas, partidos politicos e agremiações, mostrando sua representatitivida e etc, isso poderá de alguma forma mudar os rumos da politica nacional, quando na verdade o que querem é previlégios para si. ( tem monte de cristão funcionário fantasma se aproveitando deste lixo de corrupção da politica nacional.)


  3. Daniel  confiou somente em Deus, não se valeu de recursos próprios, Deus este nosso Deus, não precisa de ajuda ou jeitinho.


  4. Finalmente o maximo que os inimigos de Daniel conseguiram com as suas conspirações foi uma proibiçao (interdito) por tempo determinado, após o rei sanciona uma Lei que todos devem honrar o Deus de Daniel.... tal lei foi apenas reconhecida por uma rei pagão em seus dominios, todavia esta Lei foi sancionada na eternidade nos céus, pelo que que Vive Eternamente, a ele Toda Honra e gloria, ele é que livra os seus do poder dos leões.

  5. Tem pessoas que se gabam por que são vista bem aos olhos da sociedade,  podem frequentar o mesmo lugar que impios frequentam e tudo bem.  Daniel era o que era, Judeu, fiel, orava tres vezes ao dia de acordo com sua tradição e não se contaminava com nada da Babilonia. Jesus nos advertiu que o mundo so ama o que é seu....
* este ultimo topico é uma conclusão que eu tirei da palavra ministrada, pelo Pastor Alceu, Igreja Familia Cristã Ribeirao Preto -SP em 14/12/2009

Agora a pressa é amiga da perfeição. Chegou Windows 7. Conheça.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

 
    
 

Ponto de Vista:

Esportes e a Fé Cristã

 

 

Estamos proximos aos dois maiores eventos esportivos do planeta, as olimpiadas e a Copa do Mundo de Futebol, e isto aqui em terras brasileiras, tudo isso tem causado grandes expectativas em nossa nação,  o esporte a muito é visto como um ferramenta de inclusão social, mediador de conflitos, e tambem com um oportunidade de projeção internacional de determinada nação.

E como sempre e Igreja inserida no contexto social, sendo uma igreja de massa, vai criando suas "visões" e procurando tambem inserir-se neste contexto, uma grande atenção e merito deve ser dado neste assunto aos  Atletas de Cristo",q eu um trabalho solido e sério tem levado a Palavra do Senhor entre os esportistas destepaís.

Mas exageros existem, como em todo o lugar e minha intenção é chamar a atenção para esses exageros, isso sem primeiro deixar bem claro que nada tenho contra a pratica esportiva, salutar em nossa sociedade, porém risco contra a fé existem e devem ser demostrados.

 

1.       Em primeiro lugar as bandeiras de futebol tem se tornado verdadeiros icones de adoração, os times são como personalidades divinas, que a exemplo dos deuses pagãos da antiguidade, necessitam de alguem que torça por eles, que lute por eles. Por esta otica percebemos que não evoluimos muito das sociedades tribais em que cada clã tinha o seu deus protetor, é necessário cuidado, alias muito cuidado para não corrermos o risco de tiramos a glória que pertence a Deus e somente a ele, e a transferirmos para este ou aquele clube de futebol – quando falamos de glória que pertence a Deus devemos entender como o louvor e honra que nós humanos devemos lhe tributar.

 

2.       Em segundo lugar a ideologia original dos jogos olimpícos era totalmente paga, em, 2500 AC, os gregos faziam homenagens aos deuses, principalmente Zeus. Atletas das cidades-estados gregas se reunião na cidade de Olímpia para disputarem diversas competições esportivas: atletismo, luta, boxe, corrida de cavalo e pentatlo ( luta, corrida, salto em distância, arremesso de dardo e de disco). Os vencedores eram recebidos como heróis em suas cidades e ganhavam uma coroa de louros. Por volta do  ano de 392 AC, os Jogos Olímpicos e quaisquer manifestações religiosas do politeísmo grego foram proibidos pelo imperador romano Teodósio I, após converter-se para o cristianismo. Os primeiros cristãos entendiam o significado pagão deste evento e não participavam dele, não digo com isto que não se deva praticar esportes, mas devemos tomar cuidado com a paganização escondida atras disso, tochas a zeus continuam sendo acesssas a cada olimpiada e o ideal olimpico de um mundo unido, tem cada vez mais aproximado as naçoes para a vinda de um governante único.

3.       E em terceiro lugar eu nã poderia deixar de citar neste assunto as artes marcias, com seus principios budicos e anti cristãos, e falo com conhecimento de causa pois fui praticante de um modalidade de arte marcial, e sei bema carga religiosa por tras de cada movimento, katis, e meditações.

 

Para finalizar quero apenas deixar um versiculo biblico par a nossa reflexão, ele é bem antigo é verdade, mas a biblia como palavra de Deus é tremendamente atual, não pretendo tambem que com estes comentário, me vejam com uma inclinação anti-esporte, apenas é necessário ver pela otica da nossa fé, e dosar tudo muito bem.:

 

1Tm 4.8 Pois o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, visto que tem a promessa da vida presente e da que há de vir.

 

 

 

 

 



 
samuel rodryguez





Chegou Windows 7. Agora com exibição de redes sem fio. Conheça.

Campanha de Santificação!

Ontem dia 16/11/2017, afim de cumprir uma antiga promessa, feita a um amigo, foi fazer uma visita na Igreja Pentecostal Deus é amor. ...