sábado, 15 de julho de 2017

Chega!

Resultado de imagem para CHEGA!
São dois mil anos de história da Igreja, uma historia que começou por volta do ano 33, uma historia gloriosa, de lutas, perseguições, da firmeza apostólica, de cristãos corajosos, enfrentando a fúria de roma, espetáculo nas arenas sendo devorados por leões, uma historia da preservação da doutrina através dos pais da Igreja, do pensamento vivo de Agostinho e Tomas de Aquino, Mas também a vergonha das indulgencias o escândalo moral com as pregações de Johann Tetzel, que acabou por precipitar a reforma protestante.

As vezes é necessário olhar para trás, para a historia, penso eu que povo sem memoria histórica, não consegue olhar para frente e divisar corretamente o seu futuro.

Esses dias ouvindo o rádio, sintonizado num programa evangélico, me assustei com o tamanho da cara de pau de certas lideranças, um tal de voto do perdão, curioso tentei entender o que era. Bom é um fato que você faz em dinheiro para receber o perdão de Deus! Meu Deus! Socorro! Efésios 2:8-9!

Chega!

Sabonete ungido!
Óleo da unção de varias essências cada uma para uma finalidade ( prosperidade, saúde, etc)
Cristãos que vão terra Santa orar no tumulo dos patriarcas!
Judaização da Igreja
Culto a personalidade
Culto ao Templo - Vem pra cá Brasil!

Chega!

Estou de novo ouvindo a programação, sintonizei em outra  frequência, outro voto, este agora baseado no salmo 70 chamado de voto do apressa-te, pagando 70 reais, lendo o salmo etc ... Deus vai se apressar em socorrer!!!

Já ouvi a mesma coisa com o salmo 91, (R$ 91,00!)

Indignado resolvi ligar então televisão! - Mas é como se diz, não há nada ruim que não possa piorar!

Mas esta dando certo! Será? 

Cuidado para não falar do ungido de Deus!  Será?

Não sou eu quem falo quem fala é voz das escrituras tão tenazmente ignorada e distorcida, não se trata de pontos de vistas teológicos, que como tais merecem todo o nosso respeito, mas antes se trata de malandragem, esperteza e fonte ilícita de lucro! 


Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição.

E muitos seguirão as suas dissoluções, e por causa deles será blasfemado o caminho da verdade;
também, movidos pela ganância, e com palavras fingidas, eles farão de vós negócio; a condenação dos quais já de largo tempo não tarda e a sua destruição não dormita.

2 Pedro 2:1-3


Engraçado, que nunca vi se tem eu não tenho conhecimento, de alguém fazendo voto, jejum ou proposito para a santificação, para agradar a Deus, para vencer o pecado...
Fazer voto é bíblico, mas só bíblico quando feito da forma bíblica! 
Que tal um voto que não seja baseado em dinheiro mas um voto de total entrega a Deus? Não mas entregar o que se tem, mas entrega oque se é!

Ta cheio de Johann Teztel por ai 
Ta Cheio de Simão Mago, querendo comprar o Dom por Dinheiro!


Cuidado, não construa sua casa com tijolo ungido, pois casa pode cair!

Chega!

Samuel e Cleide Rodrigues 





segunda-feira, 10 de julho de 2017

Vergonha na cara!

Resultado de imagem para vergonha


"Porque Esdras, tinha preparado o seu coração para buscar  a Lei do Senhor, e para a cumprir, e para ensinar em Israel os seus estatutos e os seus direitos" Esdras 7:10



Esdras foi um homem, de uma intima comunhão com Deus, comunhão essa firmada em três bases bem distintas:

Busca pela palavra de Deus;
Cumprimento do aprendizado;
Ensino do que se aprendeu.

Esdras foi além do conhecimento, procurou pratica-lo, mas também foi além da pratica e procurou ensinar a Palavra de Deus. Esdras foi um desses homens apaixonado por Deus e por sua palavra, por suas leis e mandamentos.

No livro de Neemias capitulo de 8, podemos ter uma ideia exata da dimensão do ministério de Esdras com o manejo da palavra de Deus, nos é dito ai que Esdras em uma praça de Jerusalém leu a Lei para todo o povo ( alguns milhares!) Ele e outros levitas, iam lendo o livro da Lei de Deus, explicando o sentido e fazendo com que lendo se entendesse! Houve ai nessa ocasião um grande avivamento em Israel, alias todos os avivamentos genuínos só são possíveis quando existe um grande movimento em torno da palavra de Deus, antes de produzir qualquer benção ( dons, milagres, etc) o avivamento produz um retorno a vontade de Deus, conforme revelado na sua palavra, um retorno com contrição, com choro e com reconhecimento da condição humana diante de Deus, assim foi em Jerusalém na Época de Esdras!

Deus espera que vivamos de acordo com os padrões estabelecidos na Escrituras Sagradas. Existe uma benção especial, uma bem aventurança, para aqueles que tomam conhecimento da palavra e a praticam vejamos:

Mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam
Lucas 11:28



Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.
Apocalipse 1:3

,

Praticar a palavra de Deus entre outras coisas, quer dizer ter ações praticas no dia a dia, pautadas pela palavra de Deus, Esdras foi um desses homens que foi levando Deus a sério, anunciando as obras de Deus com vigor e disposto, com o coração preparado a vive a altura daquilo que ele mesmo ensinava!

Tem uma porção do Livro de Esdras que nos revela a disposição desse homem de viver em padrões de acordo com sua crenças. Esdras havia dito ao rei Artaxerxes que a mão de Deus é  favorável a todos os que buscam a Deus,falando claro do poder de Deus em defender e guardar os seus escolhidos que fazem a sua vontade e lhe agradam. O rei em outra ocasião liberou Esdras para que voltasse a Jerusalém, o caminho de volta contando todos os contornos é de aproximadamente 1330 km, um percurso que uma grande caravana com homens animais e etc demoraria aproximadamente 5 meses!  ( Esdras 7.9) Caminho perigoso, cheio de salteadores, mas que poderia ficar em segurança se o Rei Artaxerxes enviasse alguns soldados de sua tão respeitada e temida infantaria, Mas aqui mora um dilema, Esdras era um conhecido propagador da Palavra de Deus, havia dito para o Rei do Poder de Deus e agora? Pediria ao rei exércitos e cavaleiros ou confiaria em Deus?  Levando ainda em Consideração que a caravana de Esdras, estava levando ouro e prata para o serviço no serviço no templo! Vejamos como  Esdras procedeu:

Então apregoei ali um jejum junto ao rio Aava, para nos humilharmos diante da face de nosso Deus, para lhe pedirmos caminho seguro para nós, para nossos filhos e para todos os nossos bens.

Porque tive vergonha de pedir ao rei exército e cavaleiros para nos defenderem do inimigo pelo caminho; porquanto tínhamos falado ao rei, dizendo: A mão do nosso Deus é sobre todos os que o buscam, para o bem deles; mas o seu poder e a sua ira contra todos os que o deixam.

Nós, pois, jejuamos, e pedimos isto ao nosso Deus, e moveu-se pelas nossas orações.
Esdras 8:21-23

Vergonha na cara! Vergonha de Pedir ao rei, vergonha de buscar qualquer outra solução que não fosse consoante aquilo que Esdras pregava e ensinava!  


Aprendi com Esdras,  é bom ter vergonha na cara, para não ficar envergonhado depois!



Samuel e Cleide Rodrigues 
 


Contemplação

Lá estava Abrão debaixo de um poderosa promessa porém se o fundamental para tudo viesse a se tornar realidade: O nascimento de um filh...