Quem Sou


Samuel Rodrigues, servindo á Deus na Assembleia de Deus, em Ribeirão Preto, casado com Cleide Rodrigues, Apresentador do Programa "Deus em Cristo", pela radio Shekhinah FM (www.shekhinahfm.com ), Pregador da Palavra, Professor de Teologia, Blogueiro, Coordenador de Projetos de Pesquisa, contato e agendas pelo Whatsapp. 55 16 988056958

sábado, 23 de junho de 2018

Feridas curadas com o casamento

Resultado de imagem para Isaque e rebeca

Alguem já disse com muita certeza que o casamento é uma das primeiras instituições divinas na terra, haja visto a revelação encontrada em Genesis 2.24: “deixará o homem seu pai e sua mãe e apegar-se a sua mulher, e serão ambos uma só carne”

Os Judeus usam o termo Kidushin ( consagração, santificação ), e creem que o casamento inicia uma nova fase na vida de ambos os conjuges.

Sendo o casamento algo da vontade de Deus para o homem e a mulher, não é atoa que nos ultimos anos temos visto uma grande guerra movida contra a familia em varias frentes, uma na questão do genero indo contra o que foi dito por Deus, outra na questão da liberalidade no casamento o dito casamento aberto, e outra na aceitação e banalização do divorcio.

Os homens e leis podem até variar em suas concepçõs sobre o casamento mas nós cristãos sempre teremos um ponto de vista que é o ponto de vista do proprio Deus.

Mas hoje em especial minha intenção não é falar sobre  as “modernidades” que envolvem a questão do casamento e da familia tradicional, mas sim sobre o poder terapeutico de um casamento feito de acordo com a vontade de Deus.

No livro do Genesis cap. 23, temos a narração da morte de Sara, esposa de Abraão e mãe de Isaque, e todos nós conhecemos as feridas e lacunas deixadas pela morte de um ente querido, ainda mais se tratando propria mãe. Porém no Cap. 24,  vemos Abraão, procurando uma esposa para seu filho Isaque, A palavra Isaque, significa riso, porém já se faziam aproximadamente 3 anos que o sorriso fora arrancado dos seus labios, e sua vida invadida pela dor e tristeza da morte de sua mãe. Enquanto o servo de Abraão, estava a procura da esposa de Isaque, muitos foram os acontecimentos e formas que Deus usou para guiar o Servo de Abraão ate Rebeca, mas quero dar um pulo na historia e leva-lo até o momento que Isaque, estava indo orar ( Gn.24.63).

Vivemos em um mundo que até os cristãos se esqueceram que Deus esta no controle e por isso mesmo tem negligenciado a oração, e desta forma muitos casamento são contraídos e muitas “desgraças” tem acontecido simplesmente porque ninguem procura mais a direção Daquele que intituiu o casamento! Mas em Genesis 24 temos algumas peculiaridades que não posso deixar de registrar, a primeira é a  preocupação de Abraão com o casamento de seu filho, para que ele não contraia casamento com estranhos que lhe roubarão a fé, vejo aqui a preocupação do proprio Deus com o nosso casamento, lembrando que as escrituras nos advertem a não nos associarmos com infieis, e muitos em suas paixoes desenfreadas tem trazidos dores para sua vida futura através de casamentos mistos. vemos tambem o Zelo do servo de Abraão, em procurar a esposa ideal, orando a Deus e pedindo sucesso e um bom encontro no caminho ( Gn.24.12). Jovens que querem ter um “bom encontro” e ter um casamento abençoado devem saber que Deus ainda deseja guiar os nossos passos em todos os pormenores da nossa vida. E finalmente  Em gn 24.63 vemos Isaque em caminho para à oração. É aqui que quero que você medite, uma moça vindo e vendo seu prometido que esta indo, não para outro lugar mas para a oração! Um varão que indo a oração encontra a sua varoa!

O mundo resiste e diz aos jovens que eles devem sair, ir as baladas, conhecer moços e moças, se relacionar antes do casamento, mas aqui temos um encontro de dois corações no caminho da oração!

O riso volta ao rosto de Isaque, Rebeca, significa  aquela que une a que prende, e  aquilo que faltava na vida  de Isaque, o “elo de ligação”   lhe  é dado. Isaque casa-se com Rebeca, e assim atraves da benção do amor conjugal, Isaque teve sua vida emocional curada e foi consolado depois da morte de sua mãe!

Como anda seu casamento? Está curando feridas ou causando feridas?

Pense nisso.


Pr Samuel Rodrigues, muito bem casado pela Misercordia Divina, com Cleide Rodrigues.


quarta-feira, 20 de junho de 2018

A Justiça de José

Resultado de imagem para Mas José, seu esposo, sendo justo e não a querendo infamar, resolveu deixá-la secretamente


Mas José, seu esposo, sendo justo e não a querendo infamar, resolveu deixá-la secretamente Mateus 1.19


Pouco vezes ouvi falar de José, pai de Jesus, desde que me entendo por gente e por evangélico, aliás para ser sincero, nunca ouvi uma pregação que tivesse José como personagem principal,  se eu fosse fazer um “raking” dos personagens mais comentados, José estaria bem abaixo do ultimo lugar!

Mas tem algo de especial em José, que eu gostaria de ousar comentar, que é o seu senso de Justica, não uma Justiça cega, mas sim a Justiça baseada no amor.

José como sabemos era um simples carpinteiro da cidade de Belém, descendente do Rei Davi, pela linhagem de Natam desposado com Maria, também descendente do Rei Davi pela linhagem de Salomão. Na biblia poucas informações nos são dadas acerca dele, mas uma coisa me chama muito a atenção: José era Justo!

Vamos dramatizar a cena, para que possamos pensar melhor;

José é noivo, dentro do rigoroso codigo moral da lei de Moises, e faz tudo de acordo com a lei, Maria sua noiva, aparece gravida, e  José sabe que o filho não é dele! A lei manda que o adultério seja punido com apredejamento. ( Levitico 20:10), porem a mesma Lei fala que em caso de solteiros se tivessem relação antes do casamento, os dois então deveriam se casar e o homem deveria dar ao pai da moça 50 siclos de prata. ( deuteronomio 22.28-29).

O que um Homem Justo, pode fazer diante de uma situação assim?

Apelar para lei de ver Maria Gestante ser apedrejada?

Muitos vezes nosso senso de justiça não passa de pura maldade e vingança, e se usarmos a justiça para agir assim que diferença teremos de um malfeitor?

José como era um um homem JUSTO, não querendo difamar Maria resolveu arcar com o prejuizo e atrair a culpa para si, quando resolve abandona-la em secreto, desta forma parte da culpa recairia sobre ele, Maria não seria apedrejada, e caso José fosse encontrado, teria que casar com Maria e ainda deveria pagar 50 siclos de prata ( uns 700 gramas) para o pai de Maria.

Que amor! Ao inves de exigir seus direitos como vitima, José se coloca na condição de reú!

Ao inves de exgir um ressarcimento ele se coloca como devedor!

Em vez da maledicencia. difarçada de justiça preferiu o silencio!

A Justiça de José é conhecida assim, não pelo seu rigor cego, mas antes pela amor incondicional para com a sua amada.


Para mim faz muito sentido agora chamar Jesus de: Filho de José!


Pr Samuel Rodrigues

AD Tanquinho – Madureira – Ribeirão Preto.


sábado, 9 de junho de 2018

Coragem para Ser diferente

daniel e seus amigos Não é facil ser diferente e ter opiniões e posturas que muuitas vezes vão na contra mão do mundo, afinal ficar a favor da correnteza é melhor do que lutar contra a maré. Nas Sagradas Escrituras temos a biografia de um jovem fiel a Deus que resolveu ser diferente e agradar a Deus mesmodiante de toda a tragédia que se abateu. Daniel perdeu sua liberdade, sua forma liturgica de cultuar, sua familia e sua cultura, por causa da invassão dos babilonicos em sua terra, e na condição agora de cativo, ele é escolhido entre tantos outros jovens apra servir ao rei da babilonia, ou seja depois de tantas privações surge uma grande oportunidade, oportuniade de goizar de uma consideravel liberdade, alem de ter uma posição social de prestigioisajunto ao famoso monarca da babilonia, Nabucodonosor.

Porém junto com a oportunidade recebida, surgia também o risco. Pois o cargo pretendido e prometido exigia a total aculturação e mudança de valores em resumo Daniel deveria deixar de ser judeu, de crer em Jeovah, e assim transforma-se em pagão babilonico. A recompensa e ooprtunidade eram boas, mas valia a pena?

Ja nos foi dito pelas Escrituras que nada adianta ganhar o mundo e perder a sua alma, e Daniel tinha esse principio consigo então por isso mesmo resolveu firmemente não se contaminar com o mundo a sua volta. Foi lhe oferecido comer da comida do palacio que entre outras coisas eram primeiro oferecidas aos deuses do panteão babilonico. Diferente de muito que se apoiam no tal do “não tem nada a ver” e que se recusam a ver as coisas pelas lentes da Palavra de Deus, Daniel resolveu que ficaria firme e não se contaminaria.

Quero lhe lembrar que muitos jovens com qualidade fisicas, intelectuais e de nobre linguagem como Daniel também foram escolhidos, e que tendo em vista a oportunidade oferecida, fizeram de acordo com o proposto pelos babilonicos, e ai eu me pergunto onde estão eles na historia?

Daniel e seus amigos pelo contrario, continuaram a guardar em seus corações a lei de Deus, e mesmo diante das adversidades como cova dos leões e fornalha de fogo, não retrocederam. A questão não era se Deus iria livra-los ou não, mas sim um temor sagrado, mesmo com risco de morte, sabendo que depois dela mesmo assim haveremos de prestar contas.

É necessário coragem para ser diferente! O mais facil é ceder, se aculturar, e assumir costumes mundanos. O medo da perseguição e o medo do ridiculo diante das pessoas, tem feito com que muitos percam a sua identidade com servos de Deus.

Daniel teve mais de Deus, porque foi diferente, e a diferença antes alvo de perseguição e chocota por partes dos reis pagãos, passou a ser motivo de honras e distinçoes na corte destes mesmos reis.

Sejamos pois diferentes, os que hoje zombam e perseguem bem pode ser que amanhã precisem de alguem com compromisso com Deus, alguem que tenham intimidade o suficente com Deus para clamar e ser respondido.


Pr Samuel Rodrigues

Pra Cleide Rodrigues

Assembleia de Deus – Madureira

Cong. Tanquinho – Ribeirão Preto

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Honestidade


Resultado de imagem para honestidade


Tempos tribulosos, ninguem tem duvida de que estamos vivendo uma crise de honestidade em nossos dias, a corrupção de alguns de nossos politicos chega a tal ponto em que o escandalo tornou-se inevitavel. Mas minha maior preocupação não é com a politica em si, mas antes com os cristãos.

Convivo com uma triste realidade, cristãos comprando com plena consciencia de que não poderão pagar, burlando de alguma forma o sistema através dos chamados “gatos” em energia eletrica, agua, tv por assinatura, etc, sempre procurando uma vantagem monetaria nem que para isso tenha que agir de forma contraria as Escrituras, sem o minimo de vergonha dando a desculpa que o mundo dá, afinal de contas todo mundo faz…

Em Genessis 14:22-23 visualizamos um acontecimento na vida de Abraão. O rei de Sodoma havia oferecido ao patriarca, todas as coisas que ele tinha recuperado quando retornou de Sodoma, onde teve sucesso no resgate de pessoas, e resposta de Abraão é simplesmente impressionante:

“Levantei minha mão ao Senhor Deus, e juro que nada tomarei de tudo o que te pertencem nem um fio, nem uma correia de sandalia”

O Povo de Deus deve ser honesto, mesmo nas questões menores e aparentemente sem consequencia.

Em Proverbios 20.23 nos é dito que duas especies de peso e balança enganosa são abominações perante o Nosso Deus, além do mais devemos sempre nos lembrarmos que ser verdadeiro é um atributo de Deus, (Jo 14.6) e Deus espera que essa caracteristica seja refletida em nós pois somos com um espelho refletindo a sua imagem e semelhança.

Todos os dias nossos templos estão lotados ( falo como pentecostal) ainda mais se fizermos uma campanha, porém existem tipos de maldições que só podem ser quebradas através de um relacionamento correto com Deus, de nada adiantam campanhas, imposições de mãos, orações vigilias e jejuns, se agirmos com desnestidade estaremos em maldição em determinada area da nossa vida e cedo ou tarde, nessa vida ou na futura colheremos de acordo com o que plantarmos

“ A fazenda que procede da vaidade diminuirá, mas quem a ajunta pelo trabalho terá aumento” Pv 13.11

A sociedade que queremos a nossa volta, deve começar por nós, quem burla um multa de transito, não é diferente do daquele que desviava milhoes das verbas publicas!

Ser cristão é muito mais do que professar uma religião de conteúdo escatologico, futuro e distante, é antes viver de forma ordenada, durante nossa existencia aqui, sendo exemplo para a sociedade, modelo de ser humano honesto e justo em tudo o que faz.

O fato de sermos cristãos por si só deveria ser garantia de  honestidade, pois o nome de Deus esta em nós!


Pr Samuel Rodrigues

Assembleia de Deus – Madureira – Congregação Tanquinho

Ribeirão Preto

sábado, 26 de maio de 2018

O Clamor dos trabalhadores


Resultado de imagem para greve
Todos nós brasileiros estamos vivendo nestes dias um período de tumulto, agitações e incertezas, por causa da greve dos caminhoneiros em todo o país, um protesto justo por uma justa causa, tirando é claro os excessos que são quase inevitáveis dado a proporção que tomou o movimento.


Por outros lados surgem boatos que empresas do setor estão por trás da greve o chamado "locaute", como dizem boatos, alias o que mais se tem hoje em dia são boatos,falsas noticias, etc. Para que ambos os lados da disputa aprenderam a arte de que uma mentira contada várias vezes pode se passar por verdade, e nesse caso como o auxilio das redes sociais e outros meios de comunicação uma mentira pode ser dita milhões de vezes em poucos minutos!

Isso sem contar políticos oportunistas que em tudo conseguem tirar proveito usar para beneficio próprio devemos como eleitores estarmos atentos a esse tipo de gente.



Mas ânimos estão exaltados, está se cumprindo a sentença de Provérbios 29.2 

O clamor dos jornaleiros está muito grande  - Tiago 5.4

Precisamos com urgência de homens compromissados com a justiça e a verdade no comanda da nossa pátria, mas uma vez provérbios 29.2

Ainda não vi um movimento de oração forte e conciso das igrejas em prol do nosso país, dos caminhoneiros e de todos os que são atingidos pelas injustiças sociais!

Parece que de uma hora a para outra a Igreja foi tão secularizada que esqueceu-se que a oração de um justo pode muito em seus efeitos, conforme Tiago 5.16

Temos que agir, sim é verdade, mas alem de agir se quisermos ter uma vida quieta e sossegada - I Tim cap. 1: 1-3

Quero lembrar aos crentes aqui, que as armas da nossa milicia não são carnais...

Mas penso que nos esquecemos disso com facilidade!

Sei que muitos agora vão dar gozar e me chamar de religioso, mas que tal levantarmos um clamor serio pelo nosso país?

Pr Samuel Rodrigues 










Feridas curadas com o casamento

Alguem já disse com muita certeza que o casamento é uma das primeiras instituições divinas na terra, haja visto a revelação encontrada em Ge...