Programa Adoradores sem Limites

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

 

Quantos anos Cristo Viveu?

           

Embora possamos ser cosiderados como herdeiros de poderosos movimentos espirituais no seio da igreja, como a reforma protestante, avivamento, movimento pentecostal, etc. Alimentamos crenças tradicionais originarias no sincretismo da religião crista com a religião paga (mitraismo) em Roma.

Muito já foi falado sobre natal, pascoa e outras incorporações pagãs, uma coisa que passa desapercebida é crença que Cristo teria morrido aos 33 anos.

Em lugar nenhum. Ao se estudar os evangelhos, fica patente que os evangelistas não tiveram a preocupação de elaborar um documento de registro histórico e geográfico. Há um conflito entre os dados históricos do Evangelho segundo Mateus e do Evangelho segundo Lucas.

Mateus 2:1: — "Tendo nascido Jesus em Belém da Judéia nos dias do Rei Herodes".
Lucas 2:1: — "Naqueles dias saíu um decreto de César Augusto ordenando um recenseamento de toda a terra. Este foi o primeiro recenseamento no governo de Quirino na Síria".

Herodes, denominado o Grande e ainda como Rei dos Judeus, nasceu em 73 a.C. e morreu em 4 a.C. (ano 750 da fundação de Roma). Públio Sulpício Quirino foi governador da Síria entre os anos 6 e 12 d.C. Esse fato dificulta a conciliação dos dados históricos. Alguns historiadores acreditam que Quirino pudesse ter sido governador da Síria de 11 a 9 a.C., ou que tivesse um cargo de autoridade semelhante nesse período, quando teria iniciado o recenseamento, finalizado pelo governador Gaio Sêncio Saturnino, que governou a Síria entre 9 a 6 a.C. Para se conciliar as datas, teria-se que estabelecer o ano 6 a.C. ou anos próximos (747, 748 ou 749), o qual Herodes reinava e Saturnino finalizava o recenseamento e o último ano de seu governo. Ocorre, entretanto, que não há registro histórico de um recenseamento nesta época, embora fosse um evento importante, que não deixaria de ser citado em algumas das fontes históricas.


No Evangelho de Lucas 3:23 lemos:
– "Tinha Jesus cerca de trinta anos ao começar o seu ministério".
Já no Evangelho de São João 8:57, disseram a Jesus:
– "Ainda não tens cinqüenta anos…".


Observa-se que entre 33 e 50 anos há uma grande diferença. (O Alcorão diz que Jesus falou às gentes "Quando no berço, e na velhice"). Os Evangelhos também registram o seguinte:


Lucas 3:1-2 (sobre o início das atividades proféticas e dos batismos de João Batista)
– "No décimo quinto ano do império de Tibério César, sendo governador da Judéia Pôncio Pilatos, tetrarca da Galiléia Herodes e Felipe, seu irmão, tetrarca da Ituréia e da Traconites, e Lisânias tetrarca de Abilene, sob o pontificado de Anás e Caifás…".Lucas 3:23 (sobre o início da vida pública de Jesus)
– "Ao iniciar o ministério Jesus tinha cerca de trinta anos.".
Marcos 23:54 (sobre o dia da morte de Jesus)


– "Era o dia da Preparação (para a Páscoa) e estava para começar o sábado".
João 2:20 (sobre o início da vida pública de Jesus)


– "Replicaram os judeus: quarenta e seis anos levou a construção deste templo e tu vais levantá-lo em três dias?"


Ora, Tibério César governou de 13 a 37 d.C.; Pôncio Pilatos de 26 a 36 d.C.; Herodes (Antipas) de 2 a.C. a 39 d.C.; Felipe de 4 a.C. a 34 d.C.; Lisânias (data incerta); Caifás foi sacerdote entre 19 e 36 d.C. Pouco tempo depois de João Batista ter iniciado sua missão de anunciar a vinda do Messias, Jesus teria sido batizado e dado início ao seu ministério. Pelo cálculo romano o décimo quinto ano de Tibério foi de 19 de agosto do ano 28, até 19 de agosto do ano 29 d.C. O cálculo sírio coloca entre setembro/outubro de 27 a setembro/outubro do ano 28. Assim, parece correto fixar o ano 28 ou 29, como o ano em que Jesus começou sua vida pública. Segundo Flávio Josefo em "Antiguidade Judaica", volume XV (11:2), o início da reconstrução do templo de Jerusalém foi no ano de 19 a.C. Calculando quarenta e seis anos, chega-se a Páscoa do ano 28 d.C. A festa da Páscoa caía no 15º dia do sétimo mês do calendário israelita (março, abril). Apenas nos anos 28 e 33 a Páscoa coincidiu com o sábado.


Jesus pode ter nascido no ano de 749 da fundação de Roma e morrido aos 36 ou 37 anos. O dia e o mês são desconhecidos. (A data de 25 de dezembro para o nascimento não tem respaldo bíblico e foi escolhida na época de Constantino, aproveitando-se a comemoração do solstício de inverno no oriente e o "renascimento do sol" no mediterrâneo).



 
samuel rodryguez





Quer brincar com as suas fotos e fazer álbuns divertidos? Clique aqui e saiba como.

sábado, 23 de janeiro de 2010

O evangelho em Cajuru –SP

Ontem foi um dia especial, nos deslocamos para CAjuru onde toda a sexta feira tem um celula de nossa igreja, ja no caminho oraqndo no carro podiamos sentir a presença de Deus, algo que nao se explica apenas se sente…

Antes do culto, fomos vistar um irmão que passou por uma recente cirugia, magro, meio debilitado ainda em fase de recuperação, mal podia se suster de pé, Mas ouvi deste homem algo que me fez pensar, todo tempo este Senhor estva exclamando que Deus era bom, uma fé rara, real, acima das condições uma fé que mira sempre Deus na sua essencia, e não apenas nas possibilidades do que ELE pode realizar. E ainda ao termino da visita deixou a sua oferta por livre espontanea vontade, uma gratidão a Deus pela sua infinita bondade, olhando com olhos humanos e baseado apenas na situaçao eu poderia falar: como assim? o homem mal se levanta esta debilitado e ainda diz que Deus é bom? Na verdade este homem tem um experiencia unica com Deus, que não sou eu quem vai explicar e ele de fato sabe o que esta dizendo quando diz: “DEUS é BOM!”, afinal a fé o fundamento das coisas que não se veem..

Isto para mim já bastaria, vale a liçao de uma vida toda… mas tinha mais, após isso fomos ao culto e o Pastor Alceu trouxe uma que me impactou falando sobre as areas de trevas que podemos deixar criar em nossas vidas, foi uma palavra dura, que choca, dessas que ferem a alma que nos fazem ver de cara o nosso pecado estampado como disse Isaias: “Senti as vossas miserias e chorai…”

Me sinto extramente grato a Deus pelo que ouvi e vi, o evangelho tem desta coisas…por isso compartilho aqui com voce, deixando um pouco de lado a “teologia”, e voltando a simplicidade do evangelho de Cristo, a vida cristã é isso, Deus com liberadade de tratar com seus, sem se importar se alguem vai se sentir machucado, ate pórque ele faz a ferida mas ele mesmo a cura, Cristão que exergam a Deus acima das questões circunstacias da sobrevivencia humana.

Que Deus abenções a CAjuru, e os bravos semeadores do evangelho que la estão, que CAjuro, boca da mata em idioma nativo, seja limpa, tenha o campo arado e se tornar em um campo verdejante para CRisto.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010


Jesus disse que há castas de espíritos que só saem daqueles que eles possuem mediante a pratica do jejum e da oração.
Ora, esta declaração cria muitos problemas quando se a lê a partir de qualquer que seja a compreensão doutrinária.
Lendo isso, Pentecostais e seus parentes jejuam com a certeza de que o poder está na abstinência de água e comida — jejum —; acompanhados de oração pelo oprimido ou endemoninhado. Nesse caso, o poder é do jejum.
Também lendo isto os Reformados ficam agitados, pois, segundo a doutrina da Graça Soberana de Deus não haveria razão para jejuar, já que o poder não procede de nenhuma mecânica humana ou humanamente ativada como poder. Nesse caso o jejum é o problema; pois, supostamente, estaria tirando o poder da Graça invisível e transferindo-o para algo que facilmente viraria fetiche e paganismo.
Os Católicos por seu turno, lêem o que Jesus disse e dizem: "Oba! O rito tem poder!" No caso deles o poder está no rito.
Já os que fazem uma leitura mais leve e psicológica do texto de Jesus tendem a pensar que Jesus estava apenas dizendo que em meio àquela confusão toda — gente observando, discípulos brigando, um pai gritando; e Pedro, Tiago e João vindos da Transfiguração meio surtados de grandeza — não era possível ter concentração para tratar aquele caso. Nesse caso, o poder que o jejum daria seria o do foco e da concentração.
Ora, olhando para o que estava acontecendo, não tenho como dizer o que Jesus queria dizer além do que Ele disse.
Então, como vejo este texto?
Vejo-o sem problemas. Sim! Porque tudo o que leio no Evangelho não é para mim objeto de nenhuma tentativa de criar uma lógica sistêmica e doutrinária sobre qualquer coisa.
Para mim, em certas circunstâncias, havendo renitência por parte de um espírito imundo, eu jejuo, como já o fiz dezenas de vezes na vida.
Isso mesmo; sempre, em tais casos, jejuei sem nenhum conflito teológico e doutrinário!
Alguém pode ver um discípulo de Jesus (nos evangelhos) querendo saber como conciliar aquela declaração de Jesus com qualquer que fosse o pacote doutrinário?
Ora, para os discípulos que ouviram aquilo, a única coisa que ficou foi o que Jesus disse: Se o demônio mostrar renitência em deixar a sua vítima, jejuem.
Assim, não desejaram saber como ficava a "Graça", a "Soberania", o "poder absoluto do nome de Jesus"; ou mesmo como ficaria, diante de tal fato da renitência de demônios ao nome de Jesus, a doutrina da vitória da Cruz sobre todo principado e poder.
Tudo bobagem inventada do 4º Século em diante!
Os discípulos não eram filhos do "Cristianismo" (como nós); e nem foram doutrinados pelos teólogos patrocinados por Constantino; e, dele para frente, doutrinados pelos "pais" do saber de Deus na "Igreja".
Não! Os discípulos eram apenas gente simples.
Para eles Jesus era o poder; e, uma vez que eles mandassem um demônio sair em nome de Jesus, esperavam que saísse; porém, não tendo sido assim naquele caso, ficaram perplexos ante a impotência constatada.
Quando Jesus chegou do Monte da Transfiguração e repreendeu o demônio e este deixou sua vítima, ao acrescentar após isso que os discípulos não puderam expulsar o demônio por sua falta de fé, e que em razão disso deveriam sempre jejuar e orar — eles não "teologizaram", mas apenas aprenderam que em tais casos assim se deve fazer.
Para eles tudo era Graça de Deus. Inclusive orar e jejuar a fim de expulsarem um demônio insistente. Eles simplesmente não tinham nenhuma de nossas tolas e presunçosas questões. Jesus era o Senhor e o Mestre, o Filho do amor de Deus, o Messias, Aquele de Quem o Pai dava testemunho; e, para eles, isso bastava.
Além disso, criam que o jejum e a oração eram um meio de Graça.
Sim! O poder era de Jesus; e, ante Jesus, nenhum demônio ficou renitente; mas, como eles não eram Jesus, sua mente e coração deveriam estar alinhados na fé e na consciência, a fim de que aquilo que era poder e meio de Graça sobre eles (o nome de Jesus), não tivesse seu poder limitado pela falta de fé ou pelo medo deles.
Portanto, quando ouviram Jesus dizer o que disse, certamente eles não pensaram na força daquele demônio insistente, mas na sua própria fraqueza e falta de fé.
Assim, não transferiram o problema para os demônios, e nem buscaram uma conciliação teológica a fim de jejuarem de modo doutrinariamente sadio no intuito de expulsarem o demônio.
Não! Aquilo lhes veio como sendo para eles. Sim! Aquilo lhes veio como instrução de verdade e de sabedoria da parte Daquele que sabe o que diz; e, portanto, para eles era assim que deveria ser; e não algo a ser discutido.
Desse modo, quando Jesus disse que certas castas de demônios não saem se não por meio da oração e do jejum, os discípulos simplesmente pensarem em si mesmos, em como seus corações tinham aprendido o rito de dizer "sai em nome de Jesus" ("… pelo teu nome os espíritos se nos submetem..") — mas, assim mesmo, continuavam sem fé ante qualquer que fosse a renitência.
Mais tarde, muitos anos depois, Tiago, o irmão de Jesus, ao escrever a sua epistola, disse: "Resisti ao diabo e ele fugirá de vós". Ora, esta frase de Tiago é o equivalente a "esta casta não sai se não por meio de jejum e oração".
Jejuar e orar é resistir ao diabo até que ele fuja!
Além disso, em tais casos, jejuar e orar é o meio de Graça pelo qual o discípulo foca sua fé em Quem tem o poder; deixando, assim, pelo jejum e pela oração, as distrações que diluem a fé longe de suas mentes.
Tendo ainda caminhões a dizer, mas entendendo o limite dessa comunicação, apenas concluo afirmando que a instrução para jejuar e orar ante a resistência do mal, é algo que não deveria causar nenhuma pergunta; pois, ante o mal, o que o coração sabe que deve ser feito é tudo aquilo que signifique perseverança na verdade e no que é bom.
Assim, Ele disse: Ante a renitência do mal, não tenham medo; jejuem e orem; resistam o mal com fé; e, assim, ele fugirá de vós.
Alguma dúvida?
Nele, que disse o que disse, e o que disse é,
Caio
21/06/07
Lago Norte
Brasília
www.caiofabio.com

 






Quer brincar com as suas fotos e fazer álbuns divertidos? Clique aqui e saiba como.

sábado, 16 de janeiro de 2010

PARA REFLETIR:

 

Casal turco completa 90 anos de matrimônio e vira símbolo do amor eterno

DOGAN TILIÇ ANCARA - Eles têm 112 e 110 anos de idade, estão casados há 90, viram juntos a queda do Império Otomano, acompanharam o surgimento de novos países e sonham em continuar unidos até que a morte os separe.

EFE
O casal Abdullah e Elif

A história do casal centenário formado por Abdullah e Elif virou símbolo de amor eterno na Turquia.

Abdullah Adiguzel, nascido em 1898, e sua mulher, Elif, nascida em 1900, se apaixonaram quando jovens e asseguram que nunca tiveram problemas no casamento em todo este tempo de convivência.

"Nos queremos muito. Nunca tivemos problemas em 90 anos. Só temos um último desejo: morrermos juntos. Porque se um de nós morrer, o outro sentirá que perdeu sua outra metade", explicou Elif à agência turca "Anadolu".

O filho mais jovem do casal, Ismail, de 60 anos e que ainda mora com eles, afirma que os pais são um "exemplo de amor" e de "casamento perfeito", não só para a família mas para todos que os conhecem.

"Sempre foram fiéis. Nunca vi fazerem mal um ao outro. Frequentemente dizem que, se um deles morre, o outro lhe seguirá" explica o filho.

Elif afirma que se "casaram por amor". "Meu marido não ouve bem já faz alguns anos, mas este é o único problema de saúde que tem. Em meus 110 anos de vida, a única cirurgia que fiz foi de cataratas", explicou Elif.

A mulher deu à luz dez filhos, dos que sete ainda estão vivos. A família continua aumentando e soma 113 membros entre netos e bisnetos e, cada ano, em algumas ocasiões especiais e durante as festas religiosas, todos se juntam no pequeno povoado de Yazibasi, na província oriental de Malatya, onde vivem Elif e Abdullah.

O homem completará 113 anos no mês que vem e conserva vivas lembranças de tempos muito antigos. Tanto ele como sua mulher nasceram quando seu país era ainda Império Otomano e juntos viveram a queda dos sultões, a fundação da moderna República da Turquia e várias guerras.

Por exemplo, Abdullah se recorda perfeitamente da Primeira Guerra Mundial e de como, anos depois, em 1920, fez o serviço militar em Dardanelos, e teve de cavar novas trincheiras onde ainda permanecia viva a destruição de uma das batalhas mais sangrentas da Primeira Guerra Mundial.

"Estou muito feliz com minha mulher. Ambos nos apoiamos em tudo ao longo de nossas vidas", conta.

O simpático casal acha que o segredo de sua longa vida está na alimentação natural e saudável que sempre tiveram.

"Comemos coisas do povo. Antes, tudo tinha seu próprio sabor. Mas nos últimos anos já não encontro esses velhos sabores. Deixei de comer verduras porque cheiram a remédios. Acho até que o pão que fazemos em casa não é igual ao de antes", explica Elif.

Provavelmente há um grande amor no casal de Yazibasi, mas também é certo que, nos povos da Anatólia rural, os casamentos duram até a morte de um, como demonstra um dos refrães dessa geografia: "Entrarás à casa de teu marido com um vestido branco de noiva, mas só sairás envolvida em uma branca mortalha".

No entanto, a história de Elif e Abdullah, talvez lhe cole mais o desejo que se formula aos casais nas bodas tradicionais da Anatólia: "Bir yastikta kocayin", o que significa: "Envelhecei com vossas cabeças sobre um só travesseiro".

Leia mais sobre casamento



WWW.IG.COM.BR 16/01/2010  
 
 
 rodryguez




Quer 25 GB de armazenamento gratuito na web? Conheça o Skydrive clicando aqui.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010



 

Já dizia meu tio na sua sabedoria rustica: Prefiro ser quadrado do que redondo, o redondo o diabo vai rolando, rolando e o empura no abismo.... Jesus não era redondo... era a pedra angular... bom comparações rusticas a parte é melhor, alias bem melhor errar por zelo do que pela falta dele, bom sem mais delongas esta vendo uns sites na net e separei este comentario:
 
 
 

 

A SATANIZAÇÃO DOS EVANGÉLICOS

 

Confira abaixo e conclua por si mesmo o quanto já foi assimilado do satanismo por sua igreja!

Tem gente que não consegue ver os limites da fé e prática que a Palavra de Deus estabelece. Será que verão quando descobrirem que suas práticas, sem precedentes nas Sagradas Escrituras, procedem do adversário de Deus?

 

Extraído do site: Satã

 

Seleções dO LIVRO DE SATÃ

com títulos e notas NR do comentador.

 

RELATIVIZAÇÃO DE TUDO, INCLUSIVE DA PALAVRA DE DEUS/CÓPIAS CORROMPIDAS DE TEXTOS BÍBLICOS NAS LÍNGUAS ORIGINAIS/NOVAS VERSÕES DA BÍBLIA:

Nenhum credo deve ser aceito sobre a autoridade de uma "divina" natureza. Religiões devem ser colocadas em debate. Nenhum dogma moral pode ser tomado como absoluto - nenhum critério de divina medição. Não há nada de inerentemente sagrado sobre as regras morais.

 

FUNDAMENTO DO EVANGELHO DA PROSPERIDADE

A obrigação principal de toda nova era É ascender o novo homem para determinar seus direitos, para levá-lo ao sucesso material -.

 

ALTERAÇÃO DO PADRÃO DE MORAL SOB O PRETEXTO DE QUE OS TEMPOS MUDARAM:

"Os tempos mudaram. Os lideres religiosos não pregam mais que todas as nossas ações naturais são repletas de pecado. Não pensamos mais que sexo é sujo - ou que ter orgulho por si mesmo é vergonhoso – (NR.: VEJA COMO A AUTO-ESTIMA FOI ASSIMILADA NO CRISTIANISMO) ou que esperar alguma coisa importante a mais é vicioso." Claro que não, os tempos mudaram! "Se você procura uma prova disso, olhe o quão liberal as igrejas se tornaram. Porque eles estão praticando todas as coisas que você prega."

Satanistas escutam estas e outras declarações similares, o tempo todo; e eles concordam incondicionalmente.

POSSÍVEL USO DE LÍNGUAS ESTRANHAS, SUBSTITUTO DO LATIM DA IGREJA CATÓLICA, PARA IMPRESSIONAR E IMPOR RESPEITO

É muito mais simples, para obter uma reação emocional, usar palavras e frases que ninguém pode entender, do que com declarações que a mente mais simples poderá questionar quando escutá-los numa linguagem inteligível.

 

EFEITOS DA APOSTASIA

Se padres e ministros fossem usar as técnicas para encher suas igrejas cem anos atrás, que usam nos dias de hoje, eles poderiam ser caricaturados de heresia, chamados de demônios, freqüentemente perseguidos, mas certamente excomungados sem hesitação. (NR.: Admitamos, infelizmente eles estão muito mais bem informados neste assunto do que nós).

Os religiosos lamentam, "Nós devemos acompanhar os tempos", esquecendo que, duelando com os fatores limitados e as mais profundamente mortais leis das religiões da luz branca, nunca pode haver suficiente mudança para encontrar as necessidades do homem.

 

MÚSICA SENSUAL = ROCK, I.É, APELO AO SEXO

É o demônio que induz as mulheres a mostrarem as suas pernas para excitar os homens - os mesmos tipos de pernas, agora socialmente aceitáveis de serem admiradas, que são mostradas pelas jovens religiosas, quando elas caminham de lá para cá com suas roupas curtas. Que passo encantador na direção direita (ou esquerda)! é possível que nós logo vejamos o "topless" de religiosas sensualmente rebolando seus corpos na "Missa Solemnis Rock"? Satã sorri e diz que adoraria essa finura - muitas religiosas são moças muito lindas com pernas bonitas.

 

Muitas igrejas com algumas das maiores congregações tem os maiores aplausos, música sensual - também satanicamente inspirado. Afinal, o demônio sempre tem tido as melhores músicas.

(NR.: A MÚSICA ROCK PRODUZ ADRENALINA, INDEPENDENTEMENTE SE TOCADO NA IGREJA OU NO MUNDO, COM LETRA "EVANGÉLICA" OU LETRA MUNDANA. ESTUDOS DA POLÍCIA AMERICANA TEM REVELADO QUE A ADRENALINA SE NÃO UTILIZADA (ELA BASICAMENTE SÓ PODE SER USADA EM COMBATE E COMO O COMBATE NESTES SHOWS DIFICILMENTE OCORRE ELA NÃO É CONSUMIDA) SE TRANSFORMA EM UMA SUBSTÂNCIA PARECIDA COM O LSD E COM EFEITOS SEMELHANTES. OS OUVINTES PODEM, LITERALMENTE, SE DROGAR COM MÚSICA ROCK. A MÚSICA ATIÇA TAMBÉM SEXUALMENTE AO PONTO DE SE TER OBSERVADO EJACULAÇÃO NOS SEUS OUVINTES. MÚSICA ROCK, PORTANTO, É SEXO E DROGAS ENCOBERTO, INDEPENDENTE SE NAS IGREJAS OU NO MUNDO. UMA NOITE DE "LOUVOR" DE JOVENS COM MÚSICA ROCK AQUI POR PERTO RESULTOU NA GRAVIDEZ DE 5 MOÇAS. DIAGNÓSTICO ERRADO DOS PASTORES FEZ ABOLIREM SUAS REUNIÕES COM JOVENS MAS NÃO ABOLIREM O REAL VILÃO, A MÚSICA SENSUAL!)

 

APELO EMOCIONAL PARA A DECISÃO PARA CRISTO, "BEATIFICAÇÃO" DOS LÍDERES E ENCATAMENTO DOS CULTOS COM PROCEDIMENTOS, OBJETOS – ÁGUA, PÃO, SAL, SONS, E OUTROS.

 

Tudo isto está muito bom, mas há uma falha neste novo estado de qualidade. É uma coisa aceitar algo intelectualmente, mas aceitar a mesma coisa emocionalmente é um assunto completamente diferente. A única necessidade que a psiquiatria não pode preencher é a inerente necessidade humana de emocionalizar através do dogma. O homem necessita dogma e ritual, fantasia e encantamento.

 

PROMOÇÃO DA DIVERSÃO AO INVÉS DO ESTUDO DA PALAVRA DE DEUS E SANTIFICAÇÃO.

Hoje, como sempre, o homem necessita desfrutar a si mesmo aqui e agora, em vez de esperar por suas recompensas no céu.

 

INFILTRAÇÃO COM DIVINDADES SATÂNICAS

 

OS NOMES INFERNAIS (NR.: LISTA PARCIAL)

Abaddon - (hebreu) o destruidor. .

Baphomet - adorado pelos Templários como símbolo de Satã.

Pluto - deus grego do mundo subterrâneo.

Pwcca - nome Gales para Satã.

Saitan - equivalente enoquiano de Satã.

Set - demônio egípcio.

(NR.: ESTE APARECE NO LIVRO: "ESTE MUNDO TENEBROSO" DE FRANK PERETTI, COMO ANJO DE DEUS! ESTE LIVRO DE CONTEÚDO OCULTISTA FOI LARGAMENTE RECOMENDADO, LIDO E DIVULGADO NOS MEIOS EVANGÉLICOS, AINDA HOJE: confira aqui )

 

ASSOCIAÇÃO COM PESSOAS DE MESMA ÍNDOLE/CLIQUE AO INVÉS DE ASSOCIAÇÃO INDISCRIMINADA COM TODAS AS PESSOAS RENASCIDAS EM CRISTO.

Não desperdice o seu tempo com pessoas que finalmente destruirão você, mas se concentre naqueles que apreciarão sua responsabilidade por eles, e, do mesmo modo, sentirão responsáveis por você.

 

DOMINAR, POR UM LADO, E CONGREGAR, POR OUTRO LADO, COM O OBJETIVO DE SE DIVERTIR

De cada conjunto de princípios (seja ele religioso, político ou filosófico), algumas coisas boas podem ser extraídas. Entre a loucura do conceito hitleriano, um ponto permanece como exemplo brilhante disto - "forca através da alegria!" (NR.: OBSERVEM NOVAMENTE DE ONDE PROCEDEM AS PRÁTICAS EM VOGA!) Hitler não foi tolo quando ele ofereceu aos alemães a felicidade, em nível pessoal, para insuflar sua lealdade a ele, e desenvolveu grande eficiência neles. (NR.: BASE DO EVANGELHO DA PROSPERIDADE?)

 

 

 

MUDANÇA DO FOCO EM QUESTÃO

O satanista acredita em completa gratificação do ego. (NR.: ESTÁ AÍ UMA EXPLICAÇÃO DA MUDANÇA DE CENTRO NO CRISTIANISMO: DO GRANDE AMOR DE DEUS POR NÓS PARA O NOSSO GRANDE VALOR) Satanismo, de fato, é a única religião que defende a intensificação e o encorajamento do ego. Somente se o próprio ego da pessoa é suficientemente preenchido, pode ele se dar ao luxo de ser amável e complementar aos outros, sem roubar a si mesmo de seu auto-respeito. Geralmente pensamos da ostentação de uma pessoa com o ego enorme; na realidade, sua ostentação resulta da necessidade de satisfazer seu ego empobrecido.

 

CONSEQÜÊNCIA FATAL DAS PRÁTICAS ACIMA

O satanista sente: "Por que não ser realmente honesto e se você vai criar um deus à sua imagem, por que não crias este deus como si mesmo?" Todo homem é um deus se escolher se reconhecer como um. (NR.: TAMBÉM JÁ MUITO DIFUNDIDO NO MEIO CRISTÃO.)

 

PORQUE ESTE AUMENTO DE IMPORTÂNCIA DAS FESTAS DE ANIVERSÁRIO TAMBÉM ENTRE OS EVANGÉLICOS?

Então, o satanista celebra seu próprio aniversario como o dia santo mais importante do ano. (NR.: OBSERVEM O AUMENTO DE ATENÇÃO QUE SE DÁ À FESTA DE ANIVERSÁRIO. ISTO TEM RAÍZES NO SATANISMO?)

 

SUCESSO A MEDIDA DO GRAU ESPIRITUAL

Uma coisa permanece certa: os padrões, filosofia e práticas assentadas nestas páginas são aquelas empregadas pelos homens mais auto-realizados e poderosos da terra. (NR.: INCLUSIVE, DITOS, EVANGÉLICOS?). No segredo do pensamento de cada homem ou mulher, ainda motivado pelas mentes sadias e sem névoas, reside o potencial do satanista, como sempre tem sido.

 

BASE DO ACONSELHAMENTO "MODERNO"

O segundo tipo de ritual é da natureza compassível. O ritual da compaixão, ou sentimento, é realizado com o propósito de ajudar aos outros, ou a si mesmo. Saúde, felicidade doméstica, atividades empresariais, sucesso material e perícia acadêmica são algumas das situações envolvidas pelo ritual da compaixão. (NR.: OBSERVE O CONTEÚDO DE CERTAS ORAÇÕES DE, DITOS, EVANGÉLICOS, NA MÍDIA) Poderia ser dito que este tipo de cerimônia poderia recai no reino da caridade genuína, tendo em mente que "caridade começa em casa".

 

A BASE DO LIVRO "A QUARTA DIMENSÃO" DE PAUL YONGI CHO, CONTEÚDO LARGAMENTE ASSIMILADO POR GRANDES SETORES DOS EVANGÉLICOS

 

OS INGREDIENTES USADOS

NA REALIZAÇÃO

DO RITUAL SATÂNICO

A. DESEJO

O primeiro ingrediente na realização do ritual é o desejo, também conhecido como motivação, tentação ou persuasão emocional. Se você não deseja verdadeiramente qualquer resultado final, não se aventure na realização de um trabalho. (NR.: UM DOS FATORES NO LIVRO "A QUARTA DIMENSÃO" DE PAUL YONGI CHOU!)

 

A quantidade de energia necessitada para levitar uma xícara de chá (genuinamente) poderia ser de suficiente energia para colocar uma idéia em um grupo de líderes sobre a terra, motivando-os em concordar com o seu desejo. (NR.: MAIS UM DOS FATORES NO LIVRO "A QUARTA DIMENSÃO" DE PAUL YONGI CHOU! CHOU ARGUMENTA QUE CADA TIPO/TAMANHO DE MILAGRE/CURA REQUER UMA QUANTIDADE CRÍTICA DE ORAÇÕES PARA SE REALIZAR).

 

Uma criança pequena aprende que se ela deseja algo suficientemente forte, vira de verdade. (NR.: DE NOVO ESTÁ NO LIVRO: A QUARTA DIMENSÃO DE PAUL YONGI CHOU!). Isto é importante. Querer significa desejo, enquanto reza é acompanhada de apreensão. A escritura tem transformado desejo em luxuria, avareza e ganância. Seja como uma criança, e não reprima o desejo, a fim de que você não perca contato com o primeiro ingrediente na realização da mágica. Caia em tentação, e se agarre naquilo que o tenta sempre que precisar.

 

O adolescente que tem grande cuidado em esculpir, numa arvore, um coração contendo as iniciais dele e do seu amor; o menino que se senta desenhando sua concepção de um reluzente automóvel; a garota magra que balança uma boneca arranhada e rota em seus braços e pensa nela como seu pequeno bebê - estas bruxas e feiticeiros capazes, estes mágicos naturais, estão empregando o ingrediente mágico conhecido como imagem, e o sucesso de qualquer ritual depende disto. (NR.: ISTO TAMBÉM ESTÁ NO LIVRO: A QUARTA DIMENSÃO DE PAUL YONGI CHOU!)

Qualquer coisa que sirva para intensificar as emoções durante o ritual contribuiria para o seu sucesso. Qualquer desenho, pintura, escultura, escrito, fotografia, artigo de roupa, cheiro, som, mÚsica, gráfico ou situação inventada que possa ser incorporada na cerimônia servirá bem ao mágico. (NR.: SEMELHANTE À MÚSICA SENSUAL E ALTERADORA DO ESTADO DE CONSCIÊNCIA ANTES DOS SHOWS DOS "GRANDES" LÍDERES "EVANGÉLICOS" CARISMÁTICOS.)

Se você tem desejos materiais, você precisa fixar atentamente a imagem deles - .

 

D. DIREÇÃO

 

Além disso, com esta atitude, é duvidoso que a suficiente concentração de energia para uma realização segura possa ser armazenada em primeiro lugar. (NR.: ISTO TAMBÉM ESTÁ NO LIVRO: A QUARTA DIMENSÃO DE PAUL YONGI CHOU! A MESMA IDÉIA TAMBÉM ESTÁ EMBUTIDA NAS ORAÇÕES 24 HORAS, ORAÇÕES EM CORRENTES, ETC. )

 

c) imaginando o desejo vividamente ou numa peça curta, seja a si mesmo ou retratando o papel do objeto do seu desejo (transferência), usando qualquer estratagema necessário a intensificar a imagem.

 

NA BÍBLIA NÃO SE ENCONTRA A PRÁTICA DE ESCREVER OS SEUS PEDIDOS E DEPOIS QUEIMÁ-LOS PARA SEREM ATENDIDOS. VEJA DE ONDE VEM ESTA PRÁTICA!

11. (a) Se os pedidos são escritos, eles agora são lidos alto pelo sacerdote e então queimados (NR.: VIU DE ONDE VEM ALGUMAS PRÁTICAS, DITAS EVANGÉLICAS, QUE VOCÊ NÃO ENCONTRA NA BÍBLIA?) nas chamas da vela apropriada.

 

Talvez a falha mais evidente nas conjurações mágicas produzidas no passado é a falta de emoção desenvolvida no relato delas.

 

A DÉCIMA OITAVA CHAVE

A décima Oitava Chave Enoquiana abre os portões do Inferno e eleva Lúcifer e suas bênçãos.

 

MAIS COMENTÁRIOS NR

Me estarrece observar tanta assimilação do satanismo em certos segmentos, ditos, evangélicos. O que fomenta isto?

O satanista Albert (albertpike e) Pike, maçom grau 33 informa: "Os maçons de graus inferiores não sabem a quem adoram (NR.: Apesar de também adorarem não conscientemente a Lúcifer) mas os de grau 33 adoram conscientemente a Lúcifer." A satanização de certos segmentos dos evangélicos progride vorazmente nesta direção. Motivo? A maioria dos seus, ditos, grandes astros são maçons de grau elevado (Confira:

Um Verifique debaixo de "G..."; outro veja o terceiro na lista dentro do artigo deste site. Agregue a estes dois todos os seus famosos discípulos.

 

VAMOS ACORDAR, NOS ARREPENDER E NOS CONVERTER, AQUELES SALVOS DE JESUS CRISTO QUE CAÍRAM NESTA ARMADILHA!!!!

 

SERÁ QUE VAI FICAR TUDO COMO ESTÁ PARA QUE SE CUMPRA: "QUEM É INJUSTO, FAÇA INJUSTIÇA AINDA; E QUEM ESTÁ SUJO, SUJE-SE AINDA." Aposse. 22A:11

PARA MUITOS O CULTO AO PRÓPRIO EGO VAI SER MAIS PODEROSO DO QUE A PRÁTICA DA JUSTIÇA DE DEUS!!

 

E SE MUDAR, SERÁ QUE BASTA MUDAR APENAS SEM ATO DE DESAGRAVO PERANTE DEUS E HOMENS?

 

 

VIA DE REGRA, QUEM ENDOSSA/PRATICA/PROMOVE UMA DAS QUESTÕES ACIMA ENDOSSA/PRATICA/PROMOVE AS DEMAIS.

VOCÊ ACHA QUE A OPINIÃO, DE ALGUÉM QUE FOI SEDUZIDO EM UMA DAS ÁREAS ACIMA E AINDA NÃO SE ARREPENDEU DISTO, MERECE ALGUMA CREDIBILIDADE SOBRE OUTROS ASSUNTOS ESPIRITUAIS????

 


http://apologetic.waetech.com.br/SatanEvangelicos.htm




Quer brincar com as suas fotos e fazer álbuns divertidos? Clique aqui e saiba como.

O Pedro tem 25 Gb grátis de armazenamento na web. Quer também? Clique aqui.

sábado, 9 de janeiro de 2010


2010 – Eleições

DIGA NÂO AO CABRESTO ELEITORAL RELIGIOSO!

 

De novo, outras vez! Eleições e o namoro perigoso da comunidade evangélica com a politica nacional.

Em primeiro lugar quero deixar bem claro, que é um direito do cidadão de acordo com a legislaçao que rege a matéria se candidatar e exercer cargos na esfera politica, e não sou contra isso de forma alguma.

Agora outra coisa é a utopia antibiblica de que o fato de ter um politico evangélico este ira por sua vez influenciar na mudança dos rumos sociais de nosso país, Particularmente já acompanhei por visão de um ministério que eu pertenci os batistores da participação politica deste ministério, e nada muda, começa-se antes mesmo da tomada de posse com o "loteamento" de futuros cargos publicos entre os amigos e colabores do candidato, pessoas muitas vezes sem a qualificação necessária que o cargo exige, isto sem contar um sem número de muitos que usam do cargo publico, para não fazerem absolutamente nada! Ou ficarem somente a serviço da Igreja, e recebendo do poder publico como se la estivesse em normal atividade, vulgarmente conhecido como Funcionário Fantasma! E há ainda quem ache que isto é Benção de Deus..., quando o legislação e a consciencia dizem que isto na verdade é errado...

Mas sempre há como em todas as heresias, os teologos de plantão prontos para defender de forma "doutrinária" a necessidade para mudança da sociedade de um cristão nas esferas públicas, citam José do Egito, Daniel e seus amigos... mas não citam por exemplo que quando Deus quer Ele usa independentemente um Impio como Ciro, Um pagão como Alexandre Magno, e não citam tambem os valiosos textos de Paulo quando ele dizem que se quisermos uma mudança social devemos fazer orações por todos os que exercem autoridade, pois não existe autoridade que não venha de Deus! Bom vamos dar o famoso jeitinho brasileiro, ao invés de orar,  joelho no chão, clamor etc, vamos fazer uma frente parlamentar, vamos nos envolver... assim contrariam o cnselho biblico com suas falacias.

A termo Politico, vem do grego POLITEIA, que indica todos os procedimentos necessarios ao bom funcionamente da Polis, (cidade), com o tempo outros siginificados foram sendo incorporados com audacia, malicia, saber lidar com situações antagonicas entre si, etc.

A maior preocupação que tenho com relação a misturação da nossa fé com a politica, é a mistura de conceitos, entre poder e direito, na verdade o que a maioria das agremiações procuram é o poder social, impondo seu ponto de vista sobre os outros, o conceito de direito em primeito lugar envolver etica e moral.

Voltamos a origem da Palavra Politica, sei que todos queremos ter uma vida social digna então que tal observarmos de forma ortodoxa as Palavras de Paulo:

 

"Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; sejam obedientes... não difamem a ninguém... sejam cordatos... para com todos os homens." Tt 3.1,2

"Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. De modo que aquele que se opõe à autoridade, resistem à ordenação de Deus." Rm 13.1,2

 

Como qualquer um em gozo de seus direitos pode se candidatar e exercer um cargo politico, so não se deve cair nos erros de querer fazer da igreja o seu celeiro eleitoral, com promessa e visões "teologicas" longe da veracidade das excrituras, e nem devemos cai no erro de dizer que tal candidato é melhor que outro porque é cristão, até porque, ele não pode estar na investitura de um cargo publico, interessado em defender esta ou aquela agremiação e sim de cuidar da polis... Mas lembremos que a nossa "POLITEUMA",  "POLIS" está nos céus  ( Filipenses 3.20) e enquanto aqui estamos oração é o maior do que qualquer voto, partido politico, ou visão governamental...

 

 

 

 


 





Quer fazer um álbum íncrivel? Conheça o Windows Live Fotos clicando aqui.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010



 

7 de janeiro de 2010
Deus ama advérbios
Philip Yancey
Colossenses 3:8-17
…nós, porém, temos a mente de Cristo. —1 Coríntios 2:16
Gênesis 18–19
Mateus 6:1-18

 Os Puritanos, sabiamente, buscavam conectar tudo em suas vidas à fonte
 divina, unindo os dois mundos ao invés de dividi-los em sagrado e
 secular. Eles tinham um provérbio: "Deus ama advérbios; e não se
importa se são — bom, ou bem." Advérbios modificam os verbos — nossas
 palavras que descrevem a ação e atividade. O provérbio puritano dá a
 entender que Deus se importa mais com o espírito das nossas ações do
 que com os resultados concretos.
 
Agradar a Deus não significa que precisemos nos ocupar com um novo
 conjunto de atividades "espirituais". Como os Puritanos diziam,
 qualquer atividade humana pode se tornar uma oferta a Deus, seja
 limpando casa ou pregando sermões, ferrando cavalos ou traduzindo a
 Bíblia.

 Passamos muito tempo imersos no que é temporal. "Nós, porém, temos a
 mente de Cristo",
Paulo nos lembra (1 Coríntios 2:16). Essa verdade
 deve guiar tudo o que fazemos. Cuidar dos pais idosos. Limpar a
 bagunça das crianças. Sentar-se a varanda com um vizinho. Preencher a
 reclamação de um cliente. Preencher as fichas dos pacientes em
 enfermarias. Esperar no trânsito. Serrar toras de madeira. Prestar
 contas das gorjetas. Fazer compras.
 
Precisamos de fé, e da mente do Senhor Jesus, para reconhecer algo de
 valor duradouro, até mesmo nas tarefas mais comuns. 



Quer fazer um álbum íncrivel? Conheça o Windows Live Fotos clicando aqui.

Uma linda mulher!

Em tempos da ditadura da beleza, em que algumas marcas, associadas a um forte apelo midiático acabam formando uma opinião sobre a bel...