Programa Adoradores sem Limites

sábado, 15 de janeiro de 2011

LUTO

 

 

E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis. Apocalipse 21.4

 

Hoje me deparei com meu inimigo vencido, A Morte, sim vencido por Cristo meu Senhor que triunfou por ocasião da ressureiçao ao terceiro dia. – Uma amiga nossa hoje de manhã indo para o seu trabalho foi vitíma de atropelamento e veio a entrar em Obito. Estamos tristes e de luto

Consideramos sobre a vida, sobre a morte, nos lembramos do ultimos dias em que estivemos todos juntos, alegres, cantando, compartilhando uns com os outros o dom da vida, vida que foi ceifada muito cedo. Somos um vapor, uma erva que floresce. A morte essa intrusa no sistema perfeito por Deus criado, tudo o que posso fazer nessa hora triste é parar e como Cristão considerar…

Em horas iguais a essa, a sabedoria humana falha, fico confuso, não sei ao menos como agir. O sábio Salomão falou que  na casa onde há luto se ve o fim de todos homens e os mortais consideram, então é tempo de considerar, a vida, os valores e a forma que servimos a Deus. Pois certo é que que fazendo ele a sua chamada não como fugir e devemos todos irremediavelmente estarmos preparados.

Não posso e não quero questionar os acontecimentos isso não cabe a mim, tenho medo de nessas horas questionar a soberania de Deus, pois minha mente e meu conhecimento são limitados,   tenho convicção que a vida não acaba desta forma, mas o sentimento que temos é ruim, justamente porque nossos sentimentos diminuídos diante de tal evento.

Mas tenho comigo a certeza de fé, a plena convicção na vida eterna, na ressureição dos mortos. Em um novo sistema de coisas, com Cristo reinando, um mundo onde Deus enxugará dos nossos olhos todas as lagrimas.

Fica também um sentimento da nossa missão de anunciar o evangelho de nosso Senhor ao mundo, aos vivos enquanto é tempo, pois depois da morte é certo que seguirá o juízo.

Jesus é a Vida, no seu sentido mais pleno, pois é vida eterna. Creio  que a Morte foi vencida, Creio na ressureição dos mortos e na vida eterna. Creio que lá nã haverá mas pranto dor ou lagrimas. Embora a morte seja uma realidade presente e não faço negação para tentar fugir de forma psicologica dela. Mas é uma realidade temporal e não eterna.

Os que agora em Cristo estão gozam de uma alegria perene um dia também irei me encontrar com eles. Ou pelo Arrebatamento da Igreja ou pela chamada do meu  Criador.

 

Rodryguez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão postados comentários de cunho ofensivo, e nem de ordem pessoal, peço aos leitores que se atenham somente ao assunto postado em questão. Rodryguez

A Provação e o Jejum "Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a prov...