sábado, 17 de julho de 2010


Ezequias e Senaqueribe

Rompendo com os cercos do Inimigo

Textos Bíblicos: II Crônicas 32 – II Reis 18 e 19


 

Introdução:

Nossa luta não é contra a carne e sangue, muito embora essa afirmação do livro de Paulo aos Efésios possa parecer um tanto mitológica e simbólica, ela é real sem duvida alguma, na mesma epistola Paulo nos fala das astutas ciladas do diabo (Ef 6.11) astutas ali, no texto grego é metodeias (metodeias) de onde procede nossa palavra em português "método". Assim entendemos que são métodos bem elaborados num alto grau de inteligência que objetiva nos afastar da presença de Deus. Muitas vezes sem perceber corremos o risco de ir caindo em suas ciladas assim como o Rei Ezequias, foi caindo, mas em dado momento resolveu confiar em Deus e romper com todos os laços que tinha com Senaqueribe, rei da Assíria, porém isso trouxe a ira de Senaqueribe, contra Ezequias, e este confiando em Deus conseguiu a vitória. Não importa quanto tempo estejamos sendo cercados por laços, nem por quanto tempo uma situação contrária a Deus ínsita em sua vida. Rompa com cercos hoje, entregue a Deus de todo o seu coração e ele lhe fará um vencedor.

 

Pano de Fundo Histórico

No segundo livros dos Reis cap. 17, lemos o Relato da história do Reino de Israel, vizinho do Reino de Judá (neste período Israel estava dividido entre dois Reinos) Israel sendo governado pelo imprudente rei Oseías – Nesta época dos exércitos assírios de Salmaneser, (deus sulmã é superior), estavam expandindo os seus domínios e muitos reinos do oriente médio estavam lhe sendo tributários, e isto inclui os reinos de Israel e Judá. O reino de Israel se rebelou contra o domínio assírio não lhe pagando o tributo. E por este motivo o reino de Israel foi invadido, muitos foram levados cativos e em Samaria, capital do reino de Israel, Salmaneser fez habitar uma mistura de povos vindos de diversas partes do agora vasto império Assírio. (II REIS 17.24)

 

Ezequias, também se rebela conta o domínio da Assíria.

Por algum motivo, o rei Ezequias havia se libertado momentaneamente da política dos reis Assírios, porém da mesma forma que conheceu no reino de Israel assim também os assírios estavam tentando fazer com Judá. Tão rebelião levou ao cerco de Judá com a tomada de 46 cidades ( de acordo com as crônicas dos Reis da Assíria)  e Jerusalém . Mas o Ezequias teme talvez o mesmo fim que teve Israel e resolver retoceder enviando uma carta ao Rei da Assíria dizendo "Errei retira-te de mim tudo o que impuseres suportarei" (II REIS 18.14). A partir daí teve que pagar um pesado Tributo de 300 talentos de Prata e 30 talentos  ouro ( se quiser fazer as contas 1 talento é aproximadamente 34 kilos!) Para tanto Ezequias Arranca as portas do Templo que era de prata e entrega ao rei da Assíria. Aqui podemos extrair algumas lições espirituais:

Ø  As portas do Templo foram tiradas – O templo era o lugar de adoração de serviço religioso, lá dentro a glória de Deus era manifesta, as portas do templo representam a nossa vida espiritual protegida a nossa comunhão interior, somos o templo do Espírito Santo e não podemos deixar que o inimigo alcance vantagem sobre nós – o primeiro lugar que ele tentará atacar é a sede de nossa comunhão com Deus.

Ø  Pagavam tributo ao inimigo – Pagar tributo ao inimigo, dividir parte do que se tem de forma compulsória ou mesmo ou mesmo oferecer algo como homenagem. Não podemos nos conformar com roubos e assaltos espirituais em nossa vida, quando falo disso não estou falando apenas de dinheiro falo também de situações que sabemos que não agradam a Deus, mas acabamos por faze-la, quando assim o fazemos estamos pagando um tributo a Satanás. Pode ser radical mais partilho da Visão de David Wilkerson:  "Este é retrato da transgressão que se encontra na Igreja de Deus atualmente -- uma igreja caminhando com medo, intimidada, favorecendo o mundanismo no seu meio, receosa de se levantar com ousadia e dar o nome de pecado ao que está acontecendo! Assim como Ezequias curvou-se aos desejos de Senaqueribe - o "homem do pecado", a igreja de agora paga tributos ao diabo com música pagã, diversões assim chamadas "cristãs", e padrões duplos de moralidade".  

Esta lição só por si é tremenda, posso eu testemunhar que passei preciosos anos da minha vida "servindo" a Deus, mas pagando tributos a Satanás, não me desvencilhava da bebida debaixo da idéia de que o que a Bíblia proíbe é embriaguez, sendo esta a grande saída para quem não quer mesmo é largar seu costume mundano esquecendo-se qualquer que quiser ter uma comunhão mais profunda com Deus, deve se ater também as palavras de Provérbios 31.4  ainda dando louvor a musicas de músicos mundanos que notadamente tem espalhado idéias demoníacas na sociedade,  enfim amando este mundo tendo uma aparência de fachada mas por dentro totalmente morto. Mas um dia comecei a ouvir uma palavra preciosa séria e renovadora, e pude também romper com os laços e barreiras e dar toda a minha força somente para um único Senhorio: Jesus Cristo

 

Ezequias decide não mais pagar tributo ( II Cronicas 32.1-8)

O Rei da Assíria queria mais, queria que Judá se alinha-se com eles na sua sede de conquistas fazendo parte agora do exercito assírio (II Reis 18.23)  queria também o controle absoluto sobre Jerusalém e seus habitantes que seriam a semelhança do habitantes de Samaria, espalhados entre as nações (II Reis 18.31-32)

Ezequias, recobra o seu animo diante da situação ou ficaria escravo de vez, ou daria o seu grito de libertação, assim Ezequias reúne-se com os sábios do seus povos, toma conselho com seus príncipes, faz as seguintes ações:

Tapa todas as Fontes de águas (II Cr 32.4) – decididamente Ezequias não fornecerá mais fontes ao inimigo – devendo tapar todas as fontes pelas quais o inimigo possa estar se abastecendo contra a nossa vida, Vindo Senaqueribe sitiaria a Jerusalém e matéria o seu exercito saciado com as próprias águas de Jerusalém!  - "O que é benção no tempo de paz, pode não ser no tempo de guerra" ( Pastor Alceu) –  è importante ter discernimento espiritual para saber quando e onde abrir ou fechar as fontes.

Restaura o Muro e ergue as Torres ( II Cronicas 32.5) - Os muros falam de nossas deficiências lugares onde há brechas pelas quais o inimigo usa para tomar a cidade, estas brechas devem ser reparadas, todo pecado deve ser confessado, para que o poder restaurador do sangue de Jesus Cristo seja real em nós. Os muros fala do lugar da vigilância da visão dos horizonte , é de suma importância que estejamos sempre vigilantes em oração e suplica (EFÉSIOS 6) para que estejamos atentos – "quando alguma coisa em nossa vida foge da normalidade é hora de orar estar vigilante" (Pastor Alceu)

Fez armas e escudos em abundancia II Cr 32.5  - é importante estar pronto para o combate com armas de defesa e ataque, nossa arma de ataque é a Palavra de Deus, a espada do Espírito ( EFESIOS 6),  e na palavra de Deus que recobramos o nosso animo, é por ela que nossa confiança em Deus se desenvolve, usar a palavra de Deus, e fiar-se com toda confiança naquilo que esta escrito sabendo que Deus é cumpridor daquilo que diz. O escudo por sua fez é a nossa fé (EFESIOS 6) a maior luta espiritual não é uma luta de poderes equivalentes entre si, até porque não existe poder que se rivalize com Deus, é antes de tudo uma luta de mentiras contra a verdade, mentiras do inimigo contra a verdade que existe em Deus, verdade esta que agora está em nós, que ao mesmo tempo que é nossa espada é também o nossa escudo protetor " A Tua Verdade ´é escudo e broquel" Salmo 91

Liberar a palavra com Fé – II Cr 32.7-8– "A palavra de Deus tem poder quando a liberamos com absoluta confiança e certeza de fé" (Pastor Alceu)

 

Ezequias recebe a mensagem do inimigo – II REIS 19.8-13 – II CR 32.9-20

Uma das maiores armas que o inimigo tem, e que usa com efeito é o medo, para nos desestabilizar emocionalmente e espiritualmente, e com Ezequias não foi diferente, Ezequias recebeu o que David Wilkerson chamou de "uma carta do diabo" cheia de ameaças. Quantos que tem repensando sua visa ao urgir uma noticia amedrontadora? Como disse vivemos uma guerra entre a mentira e a verdade, por isso eu duvido de muitos laudos médicos que sentenciam a pessoa de uma vez por todas, duvido dos altos índices de desemprego, duvido de todos os temores apregoados pela impressa muita vezes sensacionalista. Quantos sentenciados pela medicina que eu vi serem curados, quantas portas de empregos diziam estar fechadas que eu vi sendo abertas, vivemos a realidade do céus e não a terra, muito embora aqui estejamos por curto espaço de tempo ( Maranata!) mas não é curso deste mundo que domina a nossa vida e sim as Soberanas decisões do Nosso Deus. Decida viver com a vitória daquele que serve a Deus com inteireza de coração. Não se assuste com noticias ruins, e se por acaso vier a assustar-se, lance- se aos do Poderoso Deus de Abraão.

 

A Oração de Ezequias II Cr 19.14-19

Ezequias coma animo recobrado e com decisão de dar fim uma vez por resolve orar com todas as suas forças, não podemos negligenciar a oração pode muitos em seus efeitos, não precisamos de grandes períodos, tempos muitos prolongados, mas precisamos orar,m e na oração obter a resposta para nossa vida, fico com a palavra de amigo meu o Presbítero José Gonçalves, que em uma vigília ministrando a palavra disse: Não precisamos de longos períodos de oração para sermos ouvidos por Deus, mas devemos orar até que tenhamos a certeza que nossas orações foram ouvidas, sejamos com a viúva na porta do juiz, oremos até sentir a Gloriosa presença de Deus na nossa oração como resposta de que ele nos ouviu.

 

Conclusão:

O rei da Assíria esbravejou, ameaçou mas Deus mandou apenas um dos anjos que desolou os seus exércitos (II REIS 19.35) rompamos com todo o laço, toda a associação com aquilo que não agrada a nosso Deus, e sejamos sabedores que ele livra aquele que a ele se entrega.

 

Rodrigues

http://didaqueteologia.blogspot.com

http://somosfamiliacrista.blgospot.com

 

Para saber mais:

ü  Senaqueribe: "deus da lua, que multiplica os seus irmão – representa um principado demoníaco

ü  Ezequias: Deus é a minha Força

ü  Período Histórico: 705 a 681 antes de Cristo

 

 

 

 






FIQUE MAIS PROTEGIDO ENQUANTO FAZ DOWNLOADS INSTALE GRÁTIS O INTERNET EXPLORER 8.

Nenhum comentário:

Chega!

São dois mil anos de história da Igreja, uma historia que começou por volta do ano 33, uma historia gloriosa, de lutas, perseguições, da...