Programa Adoradores sem Limites

sábado, 3 de maio de 2014

A escolha errada de Ló

 

Quem não cresce o olho o assim dizer diante de uma grande oportunidade? É certo que até oramos, até buscamos uma resposta de Deus para nossas vidas, e sempre que nos vemos diante de uma “grande porta aberta”, logo de imediato relacionamos isso a uma resposta imediata de Deus para nossa vida.

Dizemos ser seguidores, servos, cristãos, etc. Mas com olhos carnais só temos olhos para aquilo que é aparentemente proveitoso e potencialmente promissor, afinal baseados numa espécie de “desteologia” vamos relacionando a benção de Deus sempre com respostas imediatas, previsíveis e prosperas do ponto de vista meramente humano. Aqui mora um perigo desta “des teologia” falamos em Deus mas buscamos coisas meramente humanas e como tal estamos muitas vezes fadados ao fracasso.

Um certo dia ouve uma contenda entre os pastores de Ló e os pastores do seu tio Abraão, uma contenda que chegou a ameaçar a relação familiar de Abraão com Ló. ( Gen. 13:6-8) – Abraão como homem de Deus que era não era dados a contendas ( II TIM 2.24) e propõe para Ló que este escolha uma terra para si, onde possa ir peregrinar e levar em paz os seus rebanho  ( Gen. 13.9)

Abraão como detentor das promessas, tio de Ló, profeta e patriarca, mas não fez. Homens de Deus não confiam em títulos e posições, homens de Deus confiam em Deus e foi isso, exatamente misso que Abraão o fez.

Ló por sua vez cresceu os seus olhos para as campinas do Jordão, terra fértil, bem regada, comparada com o Jardim do Senhor ( Gen. 13.10) em especial para as cidades de Sodoma e Gomorra. Abraão por sua vez continuo suas peregrinações indo sempre para os lugares que Deus o ordenava.

Aparentemente Ló fez a escolha certa! Prosperou.. agora vemos de relance na historia bíblica e percebemos que Ló se assentava na porta da cidade, junto com os juízes, anciãos e outras pessoas que decidiam o futuro de Sodoma. Que pena para Ló, o resto da historia você já conhece, por causa do pecado as cidades de Sodoma, Gomorra e outras cidades vizinhas sofreram o juízo destruidor da parte de Deus, e Ló escapou com suas filhas mas nada pode levar!

A melhor escolha que podemos fazer é estar ao lado de Deus, Ló deixou a benção da companhia de Abraão para viver junto com repugnância de Sodoma.

Nem tudo o que reluz é ouro, diz o adagio popular. Nem tudo o que aparência de benção é benção, lembremos que a benção de Deus enriquece, porém não acrescenta dores! Pv 10.22

O verdadeiro caminho da benção está justamente em se colocar no lugar da benção e não em sair dele, pense nisso.

Rodryguez & Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão postados comentários de cunho ofensivo, e nem de ordem pessoal, peço aos leitores que se atenham somente ao assunto postado em questão. Rodryguez

Uma linda mulher!

Em tempos da ditadura da beleza, em que algumas marcas, associadas a um forte apelo midiático acabam formando uma opinião sobre a bel...