quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Navegue com cuidado!

A Internet tem sido um ótimo canal de comunicação e divulgação de ideias. Porém nem tudo o que nela está pode ser considerado como verdadeiro. Pessoas inescrupulosas usam-a como ferramenta de discórdia, detrimento e difamação. Navegando por ai, nessas ondas as vezes revoltas da internet, encontraremos alguns monstros marinhos, rochas, recifes e condições climáticas que tendem a naufragar os mais incautos.

Falsos faróis também tem se levantado nesse meio, muito comum ver vídeos com este titulo tão chamativo: “A VERDADE SOBRE…” seguidos por informações tendenciosas.

Conversando com meu Pastor esses dias, estávamos discutindo a proibição de nossa Convenção em se gravar vídeos, sobre nossas decisões e atividades convencionais. Motivo simples, vídeos podem ser editados, manipulados, dependendo do grau de habilidade de quem os manipula até o áudio pode ser trocado por outro.

Não é de admirar, se  alguns torcem textos das Sagradas Escrituras, colocando texto fora do contexto, quanto mais vídeos e áudios, infelizmente na internet as coisas tomam uma dimensão de realidade.

Imagine você exercendo o seu direito politico e se candidatando, Cristão, com suas convicções e com a certeza de que em um cargo politico, você poderá servir melhor a causa do Reino de Deus. Imagine que venha, por força da campanha a dividir palanques com pessoas de outras religiões, costumes e praticas. Imagine agora que  alguém filmou você lá, editou a parte que quis fora do contexto e agora anda espalhando vídeos dizendo que você apostatou da fé, provando isso com imagens desfocadas suas, ao lado de certas pessoas!

Essas e outras situações são fáceis de serem imaginadas

Conheço cristãos sinceros que tem sido alvo destes ataques e conheço as situações que isso se deu.

Outra situação: Imagine um momento especial no culto em que seu pastor ou líder agradecendo a Deus pela ofertas recolhidas e explicando como serão usadas, resolve mostra ao vivo e a cores o montante arrecadado pela congregação e alguém filma, pronto já dirão que ele estava pegando o dinheiro para si, se valendo para enriquecimento ilícito, mas não dirão que a congregação toda estava ali, e que depois o fim para tal arrecadação foi concluído.

Isso sem contar os caçadores de simbologias, que vivem atrás de qualquer triangulo, esquadro, silhuetas, pisos, espirais e outras coisas para dizer que igrejas ou pessoas estão relacionadas ao ocultismo, não que isso não possa existir, mas o que vemos por ai é um exagero irresponsável, da parte de quem essas noticias espalha.

Paulo, apostolo usou frases e máximas de pensadores gregos, nem por isso o identificamos como estoicos, epicureu ou outra corrente filosófica, porque conhecemos o contexto de tais passagens sua vida e obra através de suas cartas.

Que nestes mar revolto chamado internet, tenhamos a bussola do Espirito Santo, para navegarmos com seguridade.

Rodryguez&Carvalho

Um comentário:

CORAÇÃO QUE PULSA disse...

VERDADE...os próprios ditos evangélicos, estão expondo às igrejas e fazendo delas...VERGONHA MUNDIAL.
A internete...é a MAIOR ARMA do Adversário nos tempos atuais.
Destruindo: MENTES...CASAMENTOS...IGREJAS...AMIZADES.
Mal do século.
Um abraço, fica com DEUS.

Chega!

São dois mil anos de história da Igreja, uma historia que começou por volta do ano 33, uma historia gloriosa, de lutas, perseguições, da...